Burger Joint – Madrid, Espanha

24171082122_d9000b62de_b

Assim que descobri que o Burger Joint tinha uma sucursal em Madrid não pude resistir, tínhamos que experimentar e marcou a nossa primeira gastronómica do ano na capital. Queríamos ver se eram como os do primeiro Burger Joint em Nova Iorque e já lá vão dois anos mas lembro-me exactamente de esses suculentos hamburguers que nos fizeram chupar os dedos, o mesmo não posso dizer dos de Madrid porque são ligeiramente diferentes mas são muito bons e podem competir com os melhores da cidade.

Once I discovered that the Burger Joint had a branch in Madrid I could not resist, we had to try and it was our first food experience of the new year in the capital. We wanted to see if they were as the first Burger Joint in New York and it was two years ago but I remember exactly those juicy burgers that made us lick our fingers, the same can not be said  for the ones of Madrid because they are slightly different but are very good and can compete with the best in town.

Continue a ler “Burger Joint – Madrid, Espanha”

GOIKO GRILL – MADRID, ESPANHA

Tinha muita curiosidade para experimentar os hamburguers do Goiko Grill escolhidos por muitos como os melhores da cidade de Madrid. Fomos á uma da tarde do Feriado de Almudena ao que está na rua Maria de Molina e para nossa surpresa vimos que todas as mesas estavam reservadas ainda assim conseguiram uma para duas pessoas e conseguimos comprovar que os seus hamburguers são realmente bons.

I was very curious to try the burgers of the Goiko Grill chosen by many as the best of Madrid. We went there at one o’clock the Almudena holiday to the one standing on the street Maria de Molina and to our surprise we saw that all the tables were reserved but we still managed one for two people and we could check that their burgers are really good.

Eu decidi pedir uma combinação arriscada, a Elvis. Dizem que foi inspirada na sandes favorita da estrela de rock, digamos que não era a opção mais saudável já que Elvis adorava comer banana, bacon estaladiço e manteiga de amendoim. Uma estranha mistura que de alguma forma funciona e foi uma excelente experiência culinária. Tens que escolher a carne e o tamanho por gramagem, é ainda possível fazer que leve dois hambuguers tipo Big Mac, uma autêntica torre e sem dúvida um desafio para comer. A outra foi a Pigma uma versão mais clássica com queijo, ovo estrelado e bacon. Aprovada por quem a experimentou e voltámos ao velho debate sobre qual tem o melhor hambuguer da cidade, será este ou o Alfredo’s Barbacoa. O Goiko Grill talvez perde no preço, o meu custou 12,5€ e o outro 10,50, um valor pesado se pensamos o que são, mas estavam óptimos, têm um bom tamanho e deixaram-nos sem fome para sobremesa. O serviço foi bom sem grandes comentários e vai entrar sem dúvida na nossa lista de favoritos.

I decided to ask a risky combination, Elvis. They say it was inspired by the favorite sandwiches of the rock star, I would say that was not the healthiest option since Elvis loved eating bananas, crispy bacon and peanut butter together. A strange mix that somehow works and was an excellentfood experience. You have to choose the meat and the size by weight, it is still possible to have two hambuguers type Big Mac, a real tower and certainly a challenge to eat. The other was the Pigma a more classic version with cheese, fried egg and bacon. Approved by who experienced it and we went back to the old debate about which is the best hambuguer of the city, will be this or Alfredo’s Barbacoa. The Goiko Grill may lose in the price, mine was € 12.5 and the other 10.50, a heavy value if we think what it is, but they were great, they have a good size and have left us quite full for dessert. The service was good without great reviews and will certainly go on our list of favorites.

 


Website:
http://www.goikogrill.com/

Morada: Maria de Molina 16
Metro: Gregório Marañon

Our Guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com.es/p/madrid.html

Blend – Paris, França

A febre dos hamburgueres gourmet invadiu várias cidades europeias e Paris não foi excepção, encontrei várias opções para os comer mas acabámos por decidir ir ao Blend. Queríamos um lugar descontraído para comer dos que nos fizessem matar saudades da nossa viagem a NYC e este pareceu-nos a melhor opção. Não é muito grande e não tem muitas mesas mas o serviço é suficientemente rápido para conseguir sempre mesa nem que seja a partilhar.
The fever of gourmet burgers raided various European cities and Paris was no exception, I found several options to eat but ended up deciding to go to the Blend. We wanted a relaxed place to eat that to relive the memories of our trip to NYC and this seemed the best option. It is  not very large and has few tables but the service is fast enough so you can always get the table even if you have to share.

Continue a ler “Blend – Paris, França”

eat: HONORATO HAMBURGUERES ARTESANAIS – LISBOA, PORTUGAL

Fomos até á Rua da Palmeira no Principe Real para conhecer os já famosos hamburgueres artesanais do Honorato. Esta moda já se consolidou em Madrid e em Lisboa o Honorato foi um dos responsáveis de trazer um espaço cuja a estrela do ementa é um hambúrguer. Nunca visitámos o primeiro espaço que diziam ser mais pequeno mas já somos da nova geração que chega a este da Rua da Palmeira que sendo mais espaçoso não significa que em algum momento não tenhas que partilhar mesa.

Pedimos um hambúrguer cada um, eu provei o Picanha e o marido o X-Bacon (o da foto). Não provámos muitos em Lisboa para confirmar se estos são os melhores ou não, mas são realmente muito bons, daqueles para comer com as mãos e ir rompendo sucessivamente guardanapos. Mas o melhor da refeição foi mesmo a fantástica maionese com alho que o acompanhava, o que é estranho porque na realidade deveria ser sempre o hambúrguer mas é daquelas coisas que acontecem em que um molho se torna o centro das atenções. Das críticas que li no Honorato observei uma grande disparidade: ou se adora ou se odeia, no nosso caso diria que é experiência a repetir, não são os melhores hamburguers que já comi (não ajuda ter ido este ano a NYC e ainda ter o hamburguer do Burger Joint na memoria) e não achei o atendimento particularmente simpático mas foi eficiente e sempre correcto. Se comes só os hambúrguers e bebida pode custar um pouco mais que vinte euros.

 

Website: https://www.facebook.com/HonoratoHamburgueresArtesanais
Morada: Rua da Palmeira nº33
Metro: Rato ou Restauradores

Our guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com.es/p/guia-de-lisboa.html

Burger Joint – Nova Iorque, Espanha

14313643742_e70711ef68_b

A nossa viagem a NYC teve a nível gastronómico algumas surpresas quando escolhemos lugares que não estavam na lista mas o Burger Joint era um que sabíamos que tínhamos que ir, estava no nosso plano e todas as recomendações eram muito boas. É verdade que já não é aquele lugar secreto para locais e já te aparece nos guias o que pode de alguma forma pôr em perigo o conceito mas continua com a sua fórmula quase “clandestina” nas traseiras da recepção do hotel Le Parker Meridien, numa sala pequena, escura com as paredes rabiscadas e posters de filmes ou séries icónicas.

Our trip to NYC had a gastronomic level some surprises when we chose places that were not on our list but the Burger Joint was one we knew we had to go it was in our plan and all the recommendations were very good. It is true that it is no longer that secret place for locals and now appears in the guides that can somehow endanger the concept but continues with its formula almost “undergroundbehind the reception of the hotel Le Parker Meridien, a small room, dark with scribbled walls and posters of movies or iconic series.

Continue a ler “Burger Joint – Nova Iorque, Espanha”

eat: BUNS – MADRID, ESPANHA

Tinha lido algures que aqui se serviam um dos melhores hamburguers de Madrid, reservei mesa para ir ao Buns numa sexta-feira á noite e fiquei surpreendida por ver que não estava assim tão cheio. Fica no bairro de Salamanca e a sua decoração está dentro da linha de um “diner” vintage americano. 
A carta na parte de hamburguers não era muito extensa mas ficou comprovada a sua qualidade com uma carne galega muito boa, ficaram por provar os cachorros quentes que dizem ser bons.

I had read somewhere that they served here one of the best burgers in Madrid, booked a table to go to Buns on a Friday night and I was surprised to see that it was not so full. Is in the Salamanca neighborhood and its decor is within a vintage “diner” American line. 
The menu it terms of hamburgers was not very extensive but it has proved its quality with a very good meat from Galicia, next time we need to taste the hot dogs that some say are good.

Para começar pedimos uns Nachos com frango, bacon, guacamole e queijo cheddar. Depois cada um pediu o seu hamburguer, no meu caso escolhi a Buns burger com um ingrediente extra que foi a cebola caramelizada que acrescentou mais sabor.  Pedimos de acompanhamento umas batatas skin-on com molho de alioli, muito boas. A qualidade da carne e do pão marcam a diferença nos hamburguers do Buns, não sendo um dos meus preferidos estava tudo realmente muito bom. Ainda houve espaço para sobremesa e pedimos Brownie com gelado de baunilha para partilhar. 
Pagámos 20€ por pessoa que achei talvez um pouco exagerado para o que comemos, os hamburguers custam á volta de 9€, os acompanhamentos entre 2,5€ e 3,5€.
For starters we ordered some Nachos with chicken, bacon, guacamole and cheddar cheese. After each asked a burger, in my case I chose the burger Buns with an extra ingredient that was the caramelized onions that added more flavor. We ordered a side that was the skin-on potatoes with alioli sauce, very good. The quality of meat and bread make a difference in the Buns hamburger, not being one of my favorites it was really very good. There was still room for dessert and we ordered Brownie with vanilla ice cream to share. 
We paid 20 € per person which I thought was maybe a little extreme for what we eat, the burgers cost around € 9, the sides are between 2.5 € and 3.5 €.
Website: http://www.bunsandburger.com/
Morada: Calle Lopez Hoyos 11 (Bairro Salamanca)
Metro: Gregorio Marañon
Our guide of:

eat: COSTELLO RIO – MADRID, ESPANHA

Encontrei o Costello Rio num blog que o recomendava para levar crianças e tinha a vantagem que ficava junto ao Matadero e Madrid Rio o que nos permitiu levar bicicletas para depois do almoço dar um passeio pela zona. 
Está bastante adaptado para crianças, o que pode ser bom ou mau dependendo da perspectiva. Há espaço para os carrinhos de bébé, estacionamos a bicicleta do mais velho e tinha cadeirinhas.
 
I found the Costello Rio in a blog that recommended it to bring children and had the advantage that it was nearby the Matadero and the Madrid Rio which allowed us to take bikes so after lunch we could take a stroll through the area.
Is very suitable for children, which can be good or bad depending on your perspective. There is room for the baby cars, we parked the bike and had baby chairs
.

Quanto a comida pedimos hamburguers em pão de molete, eu pedi o Francês com cebola caramelizada e brie e o marido pediu o Classic que tinha queijo cheddar e bacon. Para o mais pequeno pedimos nuggets de frango cuja farinha de fritura é feita com Corn Flakes.
A comida estava boa, achei o meu hamburguer um pouco seco mas o Classic estava muito bom e os nuggets também. Têm uma especialidade que são as beringelas panadas que vêm cortadas como se fossem batatas fritas.
Eu pedi um batido de morango e baunilha que tinha no fundo calda de chocolate e trazia mini-Oreos.
Gostámos do sitio, é animado com uma decoração interessante e moderna fugindo á típica decoração de “dinner” de estes sitios de carta norte-americana. Se há algo a melhorar eu diria que o serviço, pedíamos as coisas e sempre se esqueciam algo ou traziam fresco em vez de natural, etc.. Mas foram sempre simpáticos e no final não foi muito caro, saiu uns 10€ por pessoa mas é verdade que não comemos sobremesa porque ficámos bem com os hamburguers.
 
As for the food we ordered hamburgers molete bread, I ordered the French with caramelized onions and brie and my husband the Classic that had cheddar cheese and bacon. For the Little one we ordered chicken nuggets made with Corn Flakes.
The food was good, I thought my burger was a bit dry but the Classic was very good and the nuggets too. They also have a specialty that are fried eggplant that are cut like fries.
I ordered a strawberry and vanilla smoothie that had in the bottom chocolate syrup and on top some mini Oreos.
We liked the place, its lively with an interesting and modern decor away from the typical dinner” of these places with an american menu. If there is something I would say is that they need to improve the service, we asked for things and they kept forgetting something or brought fresh rather than natural, etc. .. But were always friendly and in the end was not too expensive, 10 € per person but it is true that we do not eat dessert because we were fine with the hamburgers.
 
 
 
 
 
 
Our guide of:

CAIS DA PEDRA – LISBOA, PORTUGAL

Cá por Madrid os hamburguers (principalmente os gourmet) continuam na moda e são o tema de novos restaurantes. Em Lisboa pelos vistos também estão e seguramente o Cais da Pedra ajudará a construir a reputação de um formato dominado pelas cadeias de fast-food.
Devo admitir que quando marquei mesa no Cais nem sabia que o prato principal era esse, sabia apenas que era do Henrique Sá Pessoa e como tive uma boa experiência no Alma decidi experimentar. Foi num dia especial (o meu aniversário), fui com amigos o que o melhorou e muito a nossa experiência.
In Madrid the burgers (especially gourmet) are still popular and are the topic of new restaurants. In Lisbon apparently are also and surely Cais da Pedra will help build the reputation of a format dominated by fast-food chains.
I must admit that when I booked a table at the Cais I did not even know this was the main course, I knew only that it was Henrique Pessoa and as I had a good experience at Alma so I decided to try. It was a special day (my birthday), I went with friends which improved and much our experience.

Continue a ler “CAIS DA PEDRA – LISBOA, PORTUGAL”

Bugo Art Burgers – Porto, Portugal

Os hamburguers (sem ser os de fast-food) estão na moda, em Madrid estão á algum tempo em Portugal não saberia dizer mas do pouco que vejo tanto em Lisboa como no Porto já começam a aparecer restaurantes dedicados á arte de servir um bom hamburguer. Talvez seja culpa do Marshall do “How I Met Your Mother” e do seu discurso sobre o melhor hamburguer de Nova Iorque onde dizia: “This is no mere sandwich of grilled meat and toasted bread, Robin. This is God, speaking to us in food”.
 
The burgers (without the fast-food) are in fashion, there are for a while in Madrid and in Portugal I can’t really tell but for the little I see of both Lisbon and Porto it’s already starting to open restaurants dedicated to the art of serving a good burger . Maybe it’s the fault of Marshall’s from “How I Met Your Mother” and his speech on the best burger in New York where he said: “This is no mere sandwich of grilled meat and toasted bread, Robin. This is God, speaking to us in food “. 

Continue a ler “Bugo Art Burgers – Porto, Portugal”

eat: PEGGY SUE – MADRID, ESPANHA

Eu precisava de ir ás compras e quis ir ao centro de Madrid. Gosto muito da zona da Princesa porque é logo á entrada da cidade e acaba por ser mais perto para nós. Aproveitámos também esta nossa ida para jantar e eu tinha encontrado várias referências na internet aos restaurantes Peggy Sue pelos seus hamburguers. 
O mais perto era este da Calle Santa Cruz de Macenado e o nome já dá uma pista: Peggy Sue, American Diner. Antes de ir vi o site e gostei imenso, é mesmo representativo dos “diners” tão famosos nos anos 50. Parece que estamos no “Regresso ao Passado” e a qualquer momento pode entrar o Michael J. Fox.

I needed to go shopping and wanted to go to the center of Madrid. I love the Princess area because is right at the entrance of the city and ends up being closer to us. Since we were there we want to have dinner and I had found several references on the internet to Peggy Sue restaurants for their hamburgers.
The closest was this in the Calle Santa Cruz de Macenado the name already gives a clue: Peggy Sue, American Diner. Before going I saw the website and I liked it, is really representative of the “diners” that were so famous in the 50s. Looks like we’re in “Back to the Future” and anytime Michael J. Fox can walk in.

 
O interior então é bastante fiel ao estilo, com as jukebox, as mesas e as cadeiras tipo sofá, os “neons”, a publicidade dos anos 50, tudo…
Outro pormenor interessante foi o televisor que só passava programas e filmes do mesmo período, a preto e branco. Depois quando olhei para a ementa fiquei surpreendida com os preços, é muito acessível, um hamburguer não custa mais de 6€ e as pizzas rondam os 5€/6€ também. Mas não íamos pelas pizzas…(pedimos para o miúdo) 
The interior is so very true to the style, with the jukebox, tables and sofas, the “neon”, the fifties advertising, all …
Another interesting detail was  TV that only shows programs and movies from that decade, in black and white. Then when I looked at the menu I was surprised with the prices, it is very affordable, a hamburger does not cost more than € 6 and the pizzas are around € 5 / € 6 too. We weren’t there for the pizzas … (we did order one for the kid)
 
 
Nós fomos pelos hamburguers, tal como fizémos com os restaurantes indianos decidimos partir em busca do melhor hamburguer de Madrid, depois do Alfredo’s agora o Peggy Sue e posso dizer que este último não desilude e arrisco dizer que tem a melhor relação preço/qualidade, porque os hambuguers eram de facto bons e pagámos pelo jantar 34€ (3 pessoas). 
We went for burgers, as we have done with the Indian restaurants we decided to go in search of the best burger in Madrid, after Alfredo’s now Peggy Sue and I can say that the latter does not disappoint and I dare say it has the best price / quality ratio, because Hambúguers were indeed good and we paid € 34 for dinner (3 people).
A única coisa que podem ter como um ponto contra é a variedade (ou nesta caso a escassez de variedade). Eram 4 tipos de hamburguers, 3 tipos de pizza e uns 4 tipos de saladas, pouco mais. Achei que tinham mais sobremesas que hamburguers mas na realidade não faz grande diferença, como se costuma dizer, são poucos mas bons. Eu comi o Aretha Franklin (estou de dieta) e o marido como o James Brown, que gostou muito. 
As batatas são pedidas á parte, a dose custa uns 4€ mas é generosa (dá para dois) e  são óptimas, nunca tinha visto cortadas assim porque parecem umas canoas e talvez seja por isso que são tão boas. 
The only thing that may be a point against it is the variety (or in this case the lack of variety). There were 4 types of burgers, three types of pizza and a 4 types of salads, little more. I thought we had more desserts than hamburgers but in reality it doesn’t make a big difference, as they say, less is more. I ate the Aretha Franklin (I’m dieting) and my husband had the James Brown, he loved it.
Potatoes are requested aside
 costs about € 4 but is generous (for two) and are great, never seen them cut like that looking like canoes and maybe that’s why they are so good.
 
 
Para sobremesa pedimos o Cheese Cake, eu provei um pedaço e estava delicioso. 
Gostámos muito do restaurante, o espaço é pequeno mas acolhedor e o atendimento é óptimo. Entre o Alfredo’s e este, creio que prefiro o Peggy Sue principalmente porque descobrimos que temos um perto de casa. 
For dessert we ordered the Cheese Cake, I tasted a piece and it was delicious.
We really liked the restaurant, the space is small but cozy and the service is great. Between Alfredo’s and this, I think I prefer the Peggy Sue mainly because we found out that we have a close to home.
 
 
Our guide of: