MERCADO DE NATAL – BRUGES, BÉLGICA

Chegámos a um dos objectivos da nossa viagem á Bélgica: o Mercado de Natal em Bruges. Dizem que é um dos melhores do país, não posso confirmar porque não conheço a concorrência mas é sem dúvida o que esperava encontrar, um sitio animado cheio de gente, comida, bebida e um entorno fantástico proporcionado pela Markt onde estão alguns dos edificios mais emblemáticos de Bruges.

We have arrived to one of our destinations in Belgium: the Christmas Market in Bruges. They say it’s one of the best in the country, I couldn’t confirm that because I don’t know it’s competition but it is without a doubt what I expected, a lively place crowded, food, drinks and a fantastic surroundings provided by the Markt where some of the most emblematic buildings in Bruges are located.

Na essência destes mercados de Natal estão os produtos locais quer seja em comida ou bebida quer em artesanato, se bem que muitas das bancadas vendem enfeites de Natal que não são trabalho artesanal. Para estar aqui e aproveitar esse espírito há que vir bem agasalhado para suportar o frio ou aproveitar as bancadas que servem bebidas quentes.
Há também outra alternativa para ficar quentinho ir até á pista de gelo que está no centro da praça e que animava tanto crianças como adultos. Nós não fomos, falta-nos a prática.
De noite o mercado é ainda mais interessante, as luzes trazem a tal magia que te “vendem” as fotografias que vês nos guias de viagem e mais gente se junta á festa para beber e comer por ali.

Indispensável: comer as “pommes frites” de uma das barraquinhas, aquecem o estômago.

In the nature of these Christmas markets are the local products either it’s food or drinks or crafts, although many of the stands selling Christmas ornaments that are not from handmade or cradft works. To be here and enjoy the holiday spirit one must be dressed to endure the cold or enjoy the stalls that sell you hot beverages.
There is also another alternative to keep warm that is to go into the ice ring at the center of the square and that animated both children and adults. We didn’t go, we lack practice.
At night the market is even more interesting, the lights bring that magic the pictures from the travel guides “sell” and more people were coming to join the party, to drink and eat there.

Mandatory: eat the “pommes frites” from one of the stalls it warms up the stomach.

 + Christmas Markets

 Our guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com.es/2001/03/guia-de-bruges.html

NOORDZANDSTRAAT – BRUGES, BÉLGICA

Bruges é uma cidade com tanto encanto que até as suas ruas de compras não se parecem a outras, as suas lojas estão instaladas em pequenos edificios que conservam o estilo medieval que é uma das suas principais características. É uma das principais como um centro comercial ao ar livre e como fomos no Natal fica ainda mais interessante com a sua decoração luminosa.

Bruges is a city with so much charm that even the shopping streets do not look like the others, their stores are installed in small buildings that conserve the medieval style which is one of its main features. It is a major street like an outdoors shopping center and as we went during Christmas it’s even more interesting with its bright décor.


São várias as lojas que aqui encontramos entre moda, chocolates ou utensilios para a casa com marcas sonantes ou outras mais locais, aqui o ideal é ir com a carteira bem fechada porque é impossível resistir ás montras.
There are several stores that we find here between fashion, chocolates or house utensils with big name brands or other more local, here the best is to go with the well closed wallet because it is impossible to resist the shop windows.
 
 
Our guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com.es/2001/03/guia-de-bruges.html

BASÍLICA DO SANGUE SAGRADO – BRUGES, BÉLGICA

Ao visitar Bruges ficámos com o mesmo sentimento que vários turistas que por ela passam: é única! Pelo menos assim parece, não percorri o mundo o suficiente para o ter mais claro mas a verdade é que em cada monumento que entrávamos na cidade ficávamos surpreendidos isto para não falar na sua beleza exterior já amplamente conhecida.
A Basílica do Sangre Sagrado é um desses exemplos, surpreende-te! E se não sabes ao que vais mais ainda…são duas igrejas numa só, uma sombria e despida de grandes decorações, a outra que te deixa o tom dourado na cabeça, rica em decoração e a guardiã de uma preciosidade do mundo cristão: uma pedaço de tecido que (supostamente) contém o sangue de Cristo.
When visiting Bruges we were left with the same feeling of many tourists who pass by it: it is unique! At least so it seems, we didn’t travel the world enough to have it more clear but the truth is that in every monument we entered the city we were surprised not to mention in it’s  outer beauty already widely known.The Basilica of the Holy Blood is one of those examples, it surprised us! And if you do not know what you’re going into even better  it’s two churches in one, a dark and devoid of great decorations, the other one that leaves the gold color in your head, rich in decor and the guardian of a treasure from the Christian world: a piece of fabric that (supposedly) contains Christ’s blood.

O mais interessante é que olhas do lado de fora, vês a sua fachada e dizes: “Vou entrar porque me parece interessante” e é! Vale a pena uma visita.
No piso inferior está a capela de estilo românico construída no século XII, muito simples e fria. É dedicada a S. Basílio de Cesareia.

The most interesting is that you look from outside, you see the façade and say: I’m going in because it seems interestingand it is! Well worth a visit.Downstairs there is the Romanesque chapel built in the twelfth century, very simple and cool. It is dedicated to St Basil of Caesarea.

No nível superior está a Capela do Sangue Sagrado construída no século XVI com um estilo gótico e remodelada no século XIX. Nada é simples na sua decoração, apesar de pequena a capela é rica em detalhes desde o púlpito ao altar, passando pelos vitrais e colunas decoradas com frescos.

At the top level is the Chapel of the Holy Blood built in the sixteenth century with a Gothic style and remodeled in the nineteenth century. Nothing is simple in it’s decor, despite being small the chapel is rich in details from the pulpit to the altar, the stained glass windows and columns decorated with frescoes.

Um tabernáculo de prata guarda a grande “jóia” da capela, um frasco que contém um pedaço de tecido com que José de Arimateia limpou o sangue do corpo de Cristo que ele ajudou a retirar da cruz. Para ver a reliquia há horários específicos em que a mostram, os guias dizem que é todas as 6ªfeiras em dois turnos, 10h e 15h.

A silver tabernacle holds the great “jewelof the chapel, a bottle containing a piece of cloth that Joseph of Arimathea wiped blood from Christ’s body that he helped to remove from the cross. To see the relic‘s there are specific times where they show it, the guides say it’s  every Friday in two shifts, 10h and 15h.
Our guide of:

http://hojeconhecemos.blogspot.com.es/2001/03/guia-de-bruges.html

STADHUIS – BRUGES, BÉLGICA

O Stadhuis foi construído em 1376 e é um dos edificios mais marcantes da praça de Burg. A sua fachada é impressionante com todo o trabalho das esculturas (algumas religiosas mas na sua maioria de governantes de Flandres) e as suas janelas em forma de ogiva, claro indicador do seu estilo gótico.
Entrámos sem grande expectativa para o que íamos ver e fomos realmente surpreendidos. O seu exterior é magnifico mas o que está dentro deixou-nos de boca aberta. A entrada custa 2,5€ e temos direito a um audio guia, nós escolhemos em inglês.

The Stadhuis was built in 1376 and is one of the most remarkable buildings of the Burg Square. Its facade is impressive with all the work of the sculptures (some religious but mostly rulers of Flanders) and its ogival windows, a clear indicator of its Gothic style.We went without great expectation and we were really surprised. Its exterior is magnificent but what’s inside left us open-mouthed. Admission is € 2.5 and we are entitled to an audio guide, we chose English.

O hall de entrada ajudava a entrar na época medieval, com os quadros de ilustres cavaleiros a decorarem as paredes e numa outra zona, pinturas que ilustravam a Bruges daquela época.

The lobby helped into the medieval era, with frames of illustrious knights to decorate the walls and in another area, the paintings that illustrated Bruges that time.

 


Subimos as escadas depois de pagar e entramos no Salão Gótico, construído em 1420 a verdadeira jóia do Stadhuis. Eu que raramente faço videos dos locais que visito tive que fazer um porque não tinha a certeza que as fotografias podiam capturar tamanha riqueza de detalhe.

We climbed the stairs after paying and entered the Gothic Hall, built in 1420 the real gem of the Stadhuis. I rarely make videos of the places I visit I had to make one because I was not sure that the photographs could capture such richness of detail.
As suas paredes pintadas com frescos datam do século XIX e retratam partes da gloriosa história de Bruges.
Os 2,5€ dão acesso apenas ao Salão e a uma outra sala onde estão expostas várias peças ligadas á cidade. Uma boa parte são mapas, mas podemos ver mais gravuras e também um pouco da história da cidade.

Its walls painted with frescoes dating from the nineteenth century and depict parts of the glorious history of Bruges.The € 2.5 oonly give access to this Hall and to another room where they have an exhibition of several pieces linked to the city. Most of them are maps , but we can also see more pictures and a little history of the city.

 Our guide of:

http://hojeconhecemos.blogspot.com.es/2001/03/guia-de-bruges.html

ROZENHOEDKAAI – BRUGES, BÉLGICA

Creio que traduzido daria doca do Rosário e é talvez um dos pontos que mais gente atrai na cidade. Não há guia ou reportagem fotográfica de Bruges que não fique completa sem uma imagem deste ponto com vista para o canal e para o Belfort.
É um local priveligiado para capturar a essência da cidade.
Este é o ponto de partida para uma visita de barco por Bruges, vemos o amontoado de gente que espera ansiosamente pela sua vez. Tínhamos um dia apenas na cidade e sem marcação prévia não podíamos esperar de qualquer forma numa outra oportunidade em Bruges será o primeiro que queremos fazer.

I think that translated it would be Rosario’s dock is perhaps one of the points which attracts more people in the city. No guide or photographic report of Bruges will ever be complete without a picture from this point overlooking the canal and the Belfort.It is a privileged place to capture the essence of the city.This is the starting point for a visit to Bruges by boat, we see the mass of people anxiously waiting for their turn. We had only one day in the city and without prior appointment we could not wait for a spot in a boat, any way another time in Bruges will be the first we want to do.

Junto a ele uma pequena ponte faz a passagem para a Wollestraat e se seguimos o canal pela Dijver podemos entender o porquê do carisma artístico da zona nas várias lojas e galerias de arte espalhadas por essa rua.

Beside it a small bridge makes the passage to Wollestraat and if we follow the channel by Dijver one can understand why the artistic charisma of the area in the various shops and art galleries spread across this Street.


Our guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com.es/2001/03/guia-de-bruges.html

MARKT – BRUGES, BÉLGICA

Os oitenta e três metros de altura do Belfort ajudam a localizar sem problemas a Praça do Mercado – Markt que juntamente com a Burg são as duas praças mais importantes da cidade e símbolos de uma época de grande prosperidade.
Há mais de mil anos funcionava aqui um mercado semanal hoje em dia podemos ver que ainda está ligada ao comércio, todas as quartas-feiras há um mercado que promove os produtos da região.
Funcionava como o seu principal centro comercial na época medieval e á sua volta podemos ver vários “guildhalls” – edificios que foram construídos para cada oficio e que hoje em dia albergam essas lojas e cafés. 
The eighty three meters high Belfort helps you find without problems the Market Square (Markt) that together with the Burg are the two most important squares of the city and the symbols of an era of great prosperity,
A thousand years ago a weekly market was held here today we can see that it’s still linked to the trade, every Wednesday there’s a market that promotes the product of this region.
It was it’s main commercial center in medieval times and surrounding it you can see  several guildhalls” buildings that were built for each trade and today house stores and cafés.

Ao centro um monumento dedicado a Pieter de Coninck e Jan Breydel construído no século XIX. Pieter dedicava-se á tecelagem e Jan era talhante, ambos lideraram a revolta contra a invasão dos franceses em 1302.
Do lado esquerdo do Belfort podemos ver um impressionante edificio da Provinciaal Hop Of de estilo neo-gótico e do seu lado direito está o edificio dos correios.
Vimos uma fila estranha na praça e depois percebemos para que era, esperavam a sua vez para dar uma volta por Bruges de carruagem. Aliás por toda a Markt o que podemos ver circular para além de pessoas, são as carruagens e as bicicletas.

In the center there’s a monument dedicated to Pieter de Coninck and Jan Breydel built in the XIX century. Pieter was a weaver and Jan a butcher, both led the rebellion against the french invasion in 1302.
From the left side of the Belfort we could see the impressive building of the Provinciaal Hop Of of neo-gothic style and next to it is the post office.
We saw a strange queue on the square only to realize that they were waiting their turn for a ride through Brugge by carriage. Indeed throught the Markt what you can see besides people walking around are, carriages and bicycles.
>>> Pieter de Coninck e Jan Breydel
 
>>> Provinciaal Hop

De noite e também por ser Natal, a sua iluminação e decoração tornam-na ainda mais apelativa. Nela estava a decorrer o Mercado de Natal com uma pista de gelo ao centro, várias bancas de artesanato e comida.

At night and also because it was Christmas, the light and the decoration make this square even more interesting. In it there was the Christmas Market with an ice ring in the center, several stalls with crafts and food.

Our guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com.es/2001/03/guia-de-bruges.html

STEPHAN DUMON – BRUGES, BÉLGICA

Não podíamos deixar Bruges sem levar connosco alguns dos famosos chocolates artesanais belgas. Os nossos comprámos nesta loja: Stephan Dumon que fica na Simon Stevinplein (Praça de Simon Stevin).
We couldn’t leave Brugge without taking with us some of the famous artisanal belgian chocolat. We bought ours in this store: Stephan Dumon that is in the Simon Stevinplein (Simon Stevin square).


A verdade é que apesar de ser uma loja pequena acabamos por nos perder no seu interior. A variedade é tanta que a escolha se torna dificil e há de tudo um pouco: bombons, tabletes simples, tabletes com pedaços, figuras de chocolate, etc..
Que vontade de comprar a loja toda…

Truth is that despite being a small store we wend up losing ourselves inside of it. So much variety that is difficult to choose there is a bit of everything: bombons, chocolate tablets, tablets with pieces, chocolate figures, etc..
I wanted to buy the whole store…

Website: http://www.chocolatierdumon.be/


Our guide of:

http://hojeconhecemos.blogspot.com.es/2001/03/guia-de-bruges.html