Zaperoco – Madrid, Espanha

Zaperoco, uma expressão latino-americana está relacionada com as palavras desordem ou escândalo, sempre no sentido de se está a formar um zaperoco. Dizem eles que é algo inesperado e creio que é o que procuram com a carta e com o espaço, uma fusão entre a cozinha japonesa e as latino-americanas, ou tropicais como chamam onde sabores da Venezuela, do Perú e do Brasil estão presentes.

Zaperoco, a Latin American expression is related to the words disorder or scandal, always in the sense that a zaperoco is forming. They say that it is something unexpected and I believe it is what they are looking for with the menu and with the space, a fusion between Japanese and Latin American cuisine, or tropical as they call where flavors of Venezuela, Peru and Brazil are present.

 

A sua decoração puxa mais pelo o lado tropical na entrada do restaurante e na sua sala privada, depois segue uma linha moderna com um toque de luxo e a sua parede com flamingos e papagaios já se está a tornar num êxito no Instagram. Fomos á hora de almoço e estava vazio (foi em Agosto), ficámos numa mesa junto a essa famosa parede e pedimos os primeiros pratos. Na realidade houve um pequeño erro, porque o sushi veio antes que as gyozas que segundo a sua carta deveria ser ao contrário, sendo assim começámos com os uramakai de camarão estaladiço (9,5€) que até o marido comeu (mas também  não tinha peixe cru), foi uma combinação deliciosa com a maionese picante, a maçã, o tobikko e a fatia de abacate por cima. Vieram também os Baos de costeleta de porco (8€) com gengibre e papaya, foi o prato que menos gostámos e o que mais nos desiludiu.  Primeiro a carne vinha mastigada, sem muito sabor e faltava algo para dar-lhe talvez um toque mais de acidez ou de sal porque a papaya vem adoçar uma carne que já estava nesse ponto.

Its décor draws more by the tropical side of the restaurant entrance and its private room, then follows a modern line with a touch of luxury and its wall with flamingos and parrots is already becoming a success on Instagram. We went at lunch time and it was empty (it was in August), we stayed at a table by this famous wall and ordered the first dishes. In fact there was a small mistake, because the sushi came before the gyozas that according to your letter should be the other way around, so we started with the crispy shrimp uramakai (9.5 €) that even the husband ate (but also did not have raw fish), it was a delicious combination with spicy mayonnaise, apple, tobikko and avocado slice overhead. Also came the Baos pork chop (8 €) with ginger and papaya, it was the dish we liked the least and what most disappointed us. First the meat was chewed, without much flavor and something was missing to give it perhaps a touch of acidity or salt because the papaya comes to sweeten a meat that was already at that point.

Depois serviram as Gyozas de porco ao vapor (8,5€), cozinhado com folhas de shiso verde e com um molho de Sabayón com trufa branca que é o toque latino do prato. O molho que no original italiano se chama Zabaione leva gemas cruas e a verdade é que combina muito bem com as gyozas das quais tenho uma pequena critica que a massa se desfazia rápidamente. O marido pediu o hamburguer Zaperoco (12€), na base o pão é de arepa e por cima leva uns cogumelos shiitake, um molho de mostarda japonesa e batatas de taro ou inhame. Uma combinação que melhoraria se o hamburguer não estivesse tão mal passado. Por último a sobremesa, uma mousse de queijo onde se destaca o cremoso gelado de manga e o praliné de avelãs. Gostei da combinação oriental com o tropical, além disso o espaço é agradável á vista e ás camâras.

Then they served the Steamed Pork Gyozas (€ 8.5), cooked with green shiso leaves and a Sabayón sauce with white truffle which is the Latin touch of the dish. The sauce that in the original Italian is called Zabaione takes raw yolk and the truth is that it combines very well with the gyozas of which I have a small critic that the mass quickly undoes. The husband ordered the Zaperoco burger (12 €), at the base the bread is arepa and over top it carries shiitake mushrooms, a Japanese mustard sauce and taro or yams potatoes. A combination that would improve if the burger was not so badly  undercooked. Finally the dessert, a cheese mousse that highlights the creamy mango ice cream and hazelnut praline. I liked the oriental combination with the tropical, in addition the space is pleasant to the sight and the cameras.

Website: http://www.zaperocomadrid.com/

Morada: Calle de Velázquez, 102

Metro:  Nuñez Balboa

+ Madrid Eat & Drink

Anúncios

2 thoughts on “Zaperoco – Madrid, Espanha

    1. Olá Gabriela, desculpa não percebi o que quer dizer com “Morgado”. E quando fala em Natal fala em procurar restaurante para dia 24/25? Pergunto porque limita muito as opções. Dependendo do que quer gastar tenho varias recomendações também depende se procura algo típico, o algo mais moderno. Deixo aquí um par de sites pode ser que ajude: http://www.lateral.com/ ou https://www.larrumba.com/restaurantes (este último tem alguns dos restaurantes que estão mais na moda em Madrid, um deles o Marieta)
      Senão há o meu post sobre os bares típicos de Madrid. Espero que ajude 😉

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s