CHINATOWN – NOVA IORQUE, EUA

A primeira Chinatown que conheci foi em Londres, creio que já passaram uns vinte anos desde essa visita e tinha muita curiosidade para conhecer a de Nova Iorque. Ao contrário do que me lembrava de Londres, não vi os grandes (e dramáticos) arcos – o paifang – ou as ruas decoradas com os candeeiros vermelhos, a verdade é que Chinatown foi conquistando prédio a prédio Little Italy e o que nos indica que ali chegámos é a caótica disposição dos letreiros em chinês dos vários comércios que ali se instalaram.

The first Chinatown I met was in London, I believe it is past twenty years since that visit and I was very curious to discover the one in New York. Contrary to what I remembered of the one in London, I did not see the big (and dramatic) arcs paifang or the streets decorated with red lamps, the truth is that Chinatown was winning building to building Little Italy and what tells us that we have reached it is the chaotic arrangement of Chinese signs of the various trades that settled there.

Uma das suas ruas principais é a Mott Street que foi por onde entrámos no mundo oriental, se vens da Brooklyn Bridge passarás pela estátua de Lin Zexu na praça de Chatham. Zexu foi um governante chinês conhecido pela sua luta contra o comércio de ópio por parte dos ingleses em troca de chá, chegou a escrever uma carta á Rainha Vitória de Inglaterra. Mas há muitas curiosidades e histórias neste bairro, podemos por exemplo encontrar o grande Homer Simpson á porta de uma loja chinesa, ou pasteis de nata ou massagens a partir de dez dólares. As mercearias vendem frutas, ervas, fungos que nunca vi na minha vida e encontramos também várias peixarias. No parque de Colombo encontrámos um simpático grupo musical chinês que estava a praticar algumas músicas dos seu reportório enquanto nas mesas á volta da estátua do Dr. Sun Yat-Sen, grupos de pessoas jogam Xiangqi.
Terminámos a noite no Joe’s Shanghai, a comer uns deliciosos dumplings enquanto partilhavamos mesa com três familias diferentes.

One of its main streets is the Mott that was where we entered this asian world, if you come from the Brooklyn Bridge you will pass by the Lin Zexu statue in Chatham Square. Zexu was a Chinese ruler known for his fight against the opium trade by the British in exchange for tea, even wrote a letter to Queen Victoria of England. But there are many curiosities and stories in this neighborhood, we can for example find the big Homer Simpson at the door of a Chinese store, or custard part (the portuguese one) or a massage starting from ten dollars. Grocery stores selling fruit, herbs, fungi that I never seen in my life and also found several fishmongers. In Colombus park we found a nice Chinese musical group that was practicing some songs from their repertoire while at the tables around the statue of Dr. Sun Yat-Sen, groups of people play Xiangqi.
We ended the night at Joe’s Shanghai, eating some delicious dumplings while we shared the table with three different families.

Rua principal: Mott Street
Metro: Canal St. ou Grand Street ou East Broadway

Our guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com/2001/05/guia-de-nova-iorque.html

PONTE DE BROOKLYN – NOVA IORQUE, EUA

A ponte que juntou Brooklyn a Manhattan demorou cerca de dezasseis anos a ser construída e abriu em 1883. Tem mais de cento e trinta anos de história e uma das mais notáveis foi a da morte do seu criador John Augustus Roebling antes de começar a construção. É outro dos símbolos da cidade que não podíamos deixar de visitar mas não tínhamos muito tempo para ver Brooklyn por isso fomos de metro e voltámos a pé pela ponte até Manhattan.
 
The bridge that joined Brooklyn to Manhattan took about sixteen years to build and opened in 1883. It has over one hundred and thirty years of history and one of the most notable was the death of its creator John Augustus Roebling before the construction start. It is another symbol of the city that we could not fail to visit but did not have much time to see Brooklyn so we went by underground and come back walking across the bridge towards Manhattan.

Pelo caminho fomos aproveitando a vista magnifica que tem sobre a cidade, sobre os seus famosos arranha-céus como o Empire State ou o One World Trade Center. Há quem opte por fazer este passeio de bicicleta mas em algumas partes em que havia muita gente não me parecía a opção mais cómoda. Foi uma das primeiras pontes suspensas no mundo, construída com aço onde se destacam os dois arcos duplos de estilo gótico, as portas que dão as boas vindas a Brooklyn ou a Manhattan.
Foi um excelente passeio e vale mesmo a pena, faz parte da lista do que podes fazer em Nova Iorque sem gastar dinheiro.
 
Along the way we were enjoying the magnificent view it has of the city, on its famous skyscrapers like the Empire State or the One World Trade Center. Some people choose to do this by bike but in some parts where there were many people it did not seem the most convenient option. It was one of the first suspension bridges in the world, built with steel which features two double arches of the Gothic style, the doors that welcome you to Brooklyn or Manhattan.
It was a great tour and really worth it, is part of the list of what you can do in New York without spending money.
 
 

 
 
 
Metro: High St – Brooklyn Bridge :: fomos de Manhattan até Brooklyn de metro saindo nesta estação a uma curta caminhada da ponte.

Our guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com/2001/05/guia-de-nova-iorque.html

THE MAGNOLIA BAKERY – NOVA IORQUE, EUA

Não podíamos deixar de entrar na Magnolia Bakery depois de ter visitado a Carrie no 66 da Perry Street. Falta o banquinho onde ela se sentou com a Miranda a comer um dos seus deliciosos cupcakes mas na realidade comer um é tão rápido que nem precisamos. A decoração do Magnolia é simples e acolhedora, o que realmente chama a atenção nesta pequena loja é a sua montra de bolos e cupcakes cuja variedade me fez ficar indecisa.
 
We had to enter the Magnolia Bakery after visiting Carrie at 66 Perry Street. They don’t have the stool where she sat with Miranda to eat one of their delicious cupcakes but actually eating one is so fast that there is no need. The decor of the Magnolia is simple and warm, what really draws attention in this small shop is its cakes and cupcakes window in such a variety that made me hesitant.

Depois de dar algumas voltas á cabeça acabámos por escolher o Carrot e o de Pistachio, tenho que admitir que são bons mas não os melhores que já comi. Creio que um dos seus pontos fortes é a madalena por baixo da cobertura, esponjosa e saborosa para além da sua variedade de “toppings”. Cada cupcake custa 3,5€.
Para os que preferem outras opções, qualquer um dos seus bolos para vender á fatia tinha óptimo aspecto, havia de cenoura, Red velvet, chocolate, etc..
 
After thinking a lot about it we ended up choosing the Carrot and Pistachio,I have to admit that are good but not the best I have ever eaten. I believe one of its strengths is the cake under the icing, spongy and tasty in addition to a good variety of toppings. Each cupcake costs € 3.5.
For those who prefer other options, any of their cakes they sell in slices look good, they had carrot, red velvet, chocolate, etc ..
 

Website: http://www.magnoliabakery.com/
Morada: 401 Bleecker Street
Metro: Christopher Street-Sheridan Square ou 14th Street

Our guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com/2001/05/guia-de-nova-iorque.html

PERRY STREET (CASA CARRIE BRADSHAW) – NOVA IORQUE, EUA

Eu confesso: vivi durante algum tempo a obsessão da série Sexo e a Cidade. Confesso. E sei que não sou a única, sei que há mais gente que comprou a box set em DVD, que quando chega o Inverno e não podemos pôr um dedinho fora de casa fazemos maratona de episódios, que ainda hoje nos lembramos de algumas cenas. Também confesso que o objectivo da minha visita á Perry Street foi para tirar a típica foto á porta da “casa” da Carrie Bradshaw e sentir que ela (ou melhor a Sarah Jessica Parker) ali passou, reviver as cenas onde ela se sentava com o Big, ou ficava sozinha a fumar embrulhada nos seus pensamentos. Mas a Perry Street enamora…e muito, quase sem necessitar de uma famosa fachada. 
 
I confess: I lived for some time  with an obsession for the Sex and the City series. I confess. And I know I‘m not the only one, I know there are more people who bought the DVD box set, that when winter arrives and we can not put a finger out of the house we make an episode marathon, that still today we remember some scenes. Also confess that the purpose of my visit to Perry Street was to take the typical photo at the door of the Carrie Bradshaw’s “house  and feel that she (or rather Sarah Jessica Parker) was there, relive the scenes where she sat with Big, or was alone to smoke wrapped in her thoughts. But Perry Street makes you fall in love … and, almost without requiring a famous facade.

A primeira coisa importante a saber é que a casa é no número 66, aliás é fácil identificá-la porque é a única que está vedada para não tirar fotos nos degraus. Posso dizer que não é das mais bonitas do bairro mas é sem dúvida a mais famosa e concorrida. Ao lado está o 64 que aparece em alguns sites como sendo a casa da Carrie, na realidade esteve para ser mas nunca aconteceu. Esta zona do West Village é daquelas onde sonhas viver, onde Nova Iorque deixa de ser arranha-céus e mostra a sua cara mais romântica com estas casas em “brownstone” construídas no século XIX, numa época em que eram um formato mais económico de construção mas hoje uma casa aqui pode custar dez milhões de dólares. 
 
The first important thing to know is that the house is number 66, which by the way is easy to spot because it is the one that is sealed so you do not take pictures on the steps. I can say that is not the most beautiful in the neighborhood but it is certainly the most famous and crowded. Next door is the 64 that appears on some websites as being the home of Carrie actually it was going to be but never happened. This West Village area is one of those where you dream to live, where New York is no longer  made of skyscrapers and shows its most romantic face with these brownstone houses built in the nineteenth century, at a time when they were a more economical format of building but today a house here can cost ten million dollars.
 
 
 

 

Metro: Christopher Street-Sheridan Square ou 14th Street

Our guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com/2001/05/guia-de-nova-iorque.html

OBSERVATION DECK DO EMPIRE STATE BUILDING – NOVA IORQUE, EUA

Quando me perguntam qual gostei mais: Empire State Building Observation Deck ou o Top of the Rock, fico realmente na dúvida. Se me pedem uma recomendação para visitar e só podes ver um, diria o último mas o ESB tem outro encanto, não é apenas um dos edificios mais altos de Nova Iorque é também uma estrela de cinema que brilhou em filmes como o King Kong e Sleepless in Seattle. O importante é entender o valor que a visita pode ter para cada um, no nosso caso queríamos mesmo ir e por isso reservámos os bilhetes (com pass express) antes escapando ás longas (e exasperantes) filas.
 
When people ask me what I liked most: Empire State Building Observation Deck or Top of the Rock, I am really in doubt. If they ask me a recommendation of which one to visit if you can only see one, I would say the last but the ESB has another charm, is not only one of the tallest buildings in New York is also a movie star that shone in films like King Kong and Sleepless in Seattle. The important thing is to understand the value the visit may have for you, in our case we really wanted to go so we have pre-booked the tickets (with express pass) before, escaping the long (and infuriating) queues.

Um imponente exemplo de Art Déco, foi inaugurado em 1931 e tem cerca trezentos e oitenta metros de altura sem contar com a antena. A entrada com bilhete express custa cerca de $50 (+ $2 de gastos de gestão) e passámos á frente de toda a gente, valeu a pena porque a hora do pôr do sol é das mais concorridas. Já no Observation Deck foi simplesmente aproveitar a vista sobre a cidade, de repente tudo o resto parecia muito pequeno, os edificios que eu achava altos na Quinta Avenida são casas de brincar. Graças á sua vista 360º vemos muito da cidade, o One World Trade Center, o Chrysler Building, o Rockfeller Center, o Flatiron, Brooklyn, New Jersey e só não vemos o Central Park porque está um pouco longe.
 
An imposing example of Art Deco, opened in 1931 and has about three hundred eighty meters tall not including the antenna. Entrance with express ticket costs about $ 50 (+ $ 2 management expenses) and we passed in front of everyone, it was worth it because the sunset hours are the most crowded one. In the Observation Deck it was simply enjoy the view over the city, suddenly everything else seemed too small, the buildings that I thought high on Fifth Avenue are play houses. Thanks to its 360º view we see much of the city, the One World Trade Center, the Chrysler Building, the Rockefeller Center, the Flatiron, Brooklyn, New Jersey and just do not see the Central Park because it is a bit far.
 

 
 

*View from the Top of the Rock*

Website: http://www.esbnyc.com/
Morada: 350 5th Avenue
Metro: 34th St. (Herald Square) ou 33rd St

Our guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com/2001/05/guia-de-nova-iorque.html

PURE THAICOOK HOUSE – NOVA IORQUE, EUA

Foi preciso viajar a Nova Iorque para ir a um restaurante tailandês, na realidade já tinha provado alguns pratos mas sempre em restaurantes asiáticos que servem desde sushi a um caril thai. E comer aqui foi uma obra do acaso, estava a espreitar a carta quando um grupo de americanos ao sair do restaurante nos dizem: “Go in, it’s the best thai in town”. E não sabemos se é o melhor mas foi o que nos levou a adorar a comida tailandesa mesmo não arriscando muito.
 
It took traveling to New York to go to a Thai restaurant, we had actually tasted some dishes but always in Asian restaurants that everything from sushi to a Thai curry. And eating here was a fluke, I was taking a peek at the menu when a group of Americans left the restaurant and told us: Go in, it’s the best thai in town”. We do not know if it’s the best but it was the one that led us to love Thai food even without risking much.

A decoração tinha um toque de moderno misturado com o que poderia ser um pequeno restaurante em Bangkok, tudo isto em pleno Hell’s Kitchen. Ficou a vontade de provar as exóticas “stir fried frog legs” mas decidimos ir aos nossos pratos habituais: pedimos uns Vegetable Spring Rolls que vêm em quantidade generosa, com uma massa crocante e um excelente recheio de jicama, cogumelos e noodles celofane. Depois pedi um Wok Cashew Nuts with Schrimp que estava delicioso, com camarão fresco e verduras de qualidade, o marido pediu o Jungle Curry Fried Rice with Chicken que gostou mas esperava que fosse um pouco mais picante. O almoço ficou por trinta dólares mais cinco de gorjeta, os pratos rondam os oito-dez dólares, foi mais uma excelente experiência em Nova Iorque a um bom preço. 
 
The decor had a modern touch mixed with what could be a small restaurant in Bangkok, all in one place right in Hell’s Kitchen. There was the desire to taste the exotic “stir fried frog legs but decided to go to our usual dishes: we ordered some Vegetable Spring Rolls that come in generous amount, with a crunchy crust and an excellent filling of jicama, mushrooms and cellophane noodles. Then I ordered a Wok Cashew Nuts with schrimp which was delicious, with fresh shrimp and good quality vegetables, my husband asked for the Jungle Curry Fried Rice with Chicken which he liked but expected it to be a bit more spicy. Lunch was for thirty five dollars more tip, the dishes are around 8-10 dollars, it was another great experience in New York at a good price.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Morada: 766 9th Avenue
Metro: 50 St.
 
Our guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com/2001/05/guia-de-nova-iorque.html

TRUMP TOWER – NOVA IORQUE, EUA

Não sei muito bem como descrever a nossa sensação ao visitar a Trump Tower, fiquei entre se perdemos o nosso tempo ao fazê-lo ou se realmente é um lugar tens que ver pelo o que representa: um símbolo do famoso império imobiliário construído por Donald Trump. Tem cerca de duzentos metros de altura e é dos edificios mais altos em Nova Iorque com apartamentos onde dizem que Bruce Willis e o casal Beyoncé-Jay Z têm um.
 
I’m not sure how to describe our feeling when visiting the Trump Tower, I was between if we lose our time to do it or if it really is a place you have to see for what is: a symbol of the famous real estate empire built by Donald Trump . It has about two hundred meters high and is of the highest buildings in New York with apartments where they say Bruce Willis and the couple Beyoncé JayZ have one.

Conta com zonas públicas que são as que podemos visitar, para além de restaurantes e cafés tem dois pequenos jardins um com vista para a Quinta Avenida e outro que dá para uma rua interior. Não achei estes jardins muito bem cuidados mas vi em algum lado que são utilizados por quem trabalha nos escritórios para a pausa do almoço. Foi construída na década de oitenta e isso nota-se na decoração, cujo excesso de dourado faz com que pareça um pouco fora de moda mas é um excelente exemplo do que significa luxo para os Trump, foi inaugurado em 1983 uma ano depois de uma das maiores crises económicas no país. E para os fãs de este empresário há uma loja com merchandising no piso de entrada.
 
It has public areas which are those that we can visit, as well as restaurants and cafes it has two small gardens with views of Fifth Avenue and another that leads to an inner street. I did not think these gardens were very well maintained but I saw somewhere that are used by those who work in offices for a lunch break. It was built in the eighties and it shows in the decor, the excess of gold makes it look a bit out of fashion but is an excellent example of what luxury means for Trump, it was opened in 1983, a year after one of the greatest economic crisis in the country. And for the fans of this entrepreneur there is a store with merchandising on the entrance floor.
 
 
 
 
 
 
 

Website: http://www.trump.com/
Morada: Fifth Avenue 725
Metro: 5 Av/59St ou 5 Av/53St

Our guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com/2001/05/guia-de-nova-iorque.html