Tuk Tuk – Madrid, Espanha

24902003923_f356bcdc30_b

A comida asiática é ainda um grande mistério para mim talvez porque ainda não tive a oportunidade de viajar até a esse lado do mundo para ganhar mais conhecimento sobre o que compõe a sua cozinha, mesmo dentro das mais conhecidas como a chinesa ou japonesa ainda há muito por explorar. Assim chegámos ao Tuk Tuk, uma proposta de comida asiática com pratos da Tailândia, Hong Kong e Indonésia. Continue reading “Tuk Tuk – Madrid, Espanha”

Callejón Jorge Juan – Madrid, Espanha

O bairro de Salamanca é um dos mais animados no que diz respeito a restaurantes e a compras que se espalham entre ruas como a Goya, Serrano e Velazquez outras são menos conhecidas mas têm lojas igualmente interessantes de marcas mais pequenas ou menos comerciais como por exemplo a Calle Lagasca e a Jorge Juan e justamente ao passar por esta última encontrámos o que chamam de Callejón, uma colorida rua sem saída com pequenas lojas com algumas marcas conhecidas.
 

The neighborhood of Salamanca is one of the liveliest in regards to restaurants and shopping that spread from streets like Goya, Serrano and Velazquez others are lesser known but with equally interesting shops of smaller brands or less commercial such as Calle Lagasca and Jorge Juan and just passing by the latter have found what they call Callejón, a colorful dead-end street with little shops with some well-known brands.

Continue reading “Callejón Jorge Juan – Madrid, Espanha”

Calle Serrano – Madrid, Espanha

A Serrano é uma das ruas mais conhecidas de Madrid no que diz respeito a compras. Passear por ela é para muitos um prazer e para outros uma tortura, sabendo que não terão nenhuma condição de comprar algo nas suas lojas.

As principais marcas de luxo têm aqui as suas lojas e talvez só a Ortega y Gasset podem competir com ela. Uma tem Loewe a outra Chanel e a Cartier por via das dúvidas fica na esquina de ambas.

Continue reading “Calle Serrano – Madrid, Espanha”

MERCADO SAN ANTÓN – MADRID, ESPANHA

Renascem os mercados em Madrid. Já lá vai o tempo onde os únicos sitios onde comprávamos frescos era no mercado ou no mini-mercado, hoje em dia junta-se á palavra o super e o hiper, o que reduziu o número de compradores também por menor competitividade dos preços. Mas nada pode substituir essa qualidade na hora de atender nem a qualidade dos seus produtos que dificilmente encontramos nas grandes superficies.
The markets are reborn in Madrid. Gone are the days where the only places where we bought fresh products was in the market, today we have to add the word super and hyper before market, which reduced the number of buyers also because of less competitive prices. But nothing can replace that quality time of the people that attend to you neither the quality of their products that is hard to findd in large supermarkets.

Continue reading “MERCADO SAN ANTÓN – MADRID, ESPANHA”