Porta e ponte de Alcántara – Toledo, Espanha

Igual de importante que a Ponte de San Martín mas talvez menos famosa, a Ponte de Alcântara conecta as duas margens do rio Tejo desde a Porta com o mesmo nome até ao Castelo de San Servando. De um lado uma porta de traçado medieval do outro uma de estilo barroco que veio a substituir a anterior que estava em mau estado. Não passam carros tal como na de San Martín e desde a outra ponta podemos ver uma parte de Toledo principalmente a zona do Alcazar.

Just as important as the San Martín bridge but perhaps less famous, the Alcântara Bridge connects the two banks of the Tagus River from the Door with the same name to the Castle of San Servando. On one side a medieval tracing door on the other a baroque style that came to replace the previous one that was in poor condition. There are no cars such as San Martin and from the other end we can see a part of Toledo mainly the area of the Alcazar.

Continue reading “Porta e ponte de Alcántara – Toledo, Espanha”

Anúncios

Parador Mosteiro de Corias – Espanha

É dificil pôr em palavras a experiência que foi “viver” quatro dias no Parador instalado no Mosteiro de Corias. Não conheço todos os Paradores de Espanha mas este conquistou-me e só tenho mesmo pena de que chegar até ele desde Madrid seja um caminho demasiado penoso para repetir mais vezes. Foi a primeira vez que estive num hotel onde pensei: “Quero viver aqui, não me quero ir embora!”. A localização, a tranquilidade, o facto de que podes aproveitá-lo mesmo quando chove, a piscina interior que os miúdos adoraram, as duas opções para comer: um restaurante mais especial e o bar para algo mais rápido e ligeiro. Recomendar é pouco, é quase de visita obrigatória.

It is difficult to put into words the experience that was “live” four days in the Parador installed in the Monastery of Corias. I do not know all the Paradors in Spain but this one has conquered me and I am only sorry that coming to it from Madrid is a way too painful to repeat more often. It was the first time I went to a hotel where I thought, “I want to live here, I do not want to leave!” The location, the tranquility, the fact that you can enjoy it even when it rains, the indoor pool that the kids loved, the two options to eat: a more special restaurant and the bar for something quicker and quicker. Recommend is little, it is almost a must visit.

Continue reading “Parador Mosteiro de Corias – Espanha”

Andalucía

Andalucía é quente e colorida, várias religiões aqui se encontraram nem sempre de forma pacifica mas que deixaram marca na sua arquitetura e gastronomia, onde o salmorejo ganha ao gazpacho, o rabo de toro marca presença em todas as cartas e se chegamos até ao mar o “pescaíto” frito ou na brasa é indispensável. Sevilha tem a sua Giralda, a Mesquita de Córdoba é um monumento a não perder mas Granada leva o prémio de concentrar tanta beleza arquitetónica num só lugar. Recentemente conhecemos Málaga e foi mais uma boa surpresa, parece que as cidades da Andalucía são todas iguais mas há provas do contrário.

Andalucía is warm and colorful, several religions here have not always been found in a peaceful way but they left a mark on its architecture and gastronomy, where the salmorejo wins the gazpacho, the tail of the bull marks all the letters and if we arrive to the sea “pescaíto” fried or grilled is indispensable. Seville has its Giralda, the Mosque of Cordoba is a monument not to be missed but Granada takes the prize for concentrating so much architectural beauty in one place. We recently visited Malaga and it was more a good surprise, it seems that the cities of Andalucía are all the same but there is evidence to the contrary.

Continue reading “Andalucía”

Exposição Harry Potter 2017/2018 – Madrid, Espanha

No passado dia 7 de Janeiro fomos á Exposição dos filmes do Harry Potter que decorre ainda (foi prolongada até Abril) no IFEMA. São 1400 metros de uma exposição itinerante cujo seu ponto mais conhecido foi em Londres e que nos permite entrar no Mundo Mágico criado por J.K. Rowling. E sim 1400 metros parece muito mas uma vez lá dentro não é. No seu interior encontramos objectos e adereços utilizados na gravação dos seus filmes e aquí veio o meu primeiro problema com a organização, nos slots horários em que compras entradas há tanta, mas tanta gente que não consegues ver tudo. A facturação manda mais que os visitantes aproveitem ao máximo a exposição.

On the 7th of January we went to the Exhibition of the Harry Potter films that still takes place (it was prolonged until April) at the IFEMA. There are 1400 meters of an itinerant exhibition whose best known point was in London and that allows us to enter the Magical World created by J.K. Rowling. And yes 1400 meters seems a lot but once inside it is not. There we found objects and props used in the recording of your films and here came my first problem with the organization, in the slots where tickets are bought they allow so many, but so many people at the same time that you can not see everything. The billing commands more that to ensure visitors take maximum advantage of the exhibition.

Continue reading “Exposição Harry Potter 2017/2018 – Madrid, Espanha”

Playa de Poniente – Gijón, Espanha

Localizada na zona de Fomento, esta praia não existia até á década de noventa em que os planos de reabilitação da zona maritima de Gijón começaram. Está na zona oeste do centro da cidade e é uma das mais concorridas também porque é de fácil acesso para os que aqui vivem e visitam. Do lado esquerdo está o Aquário de Gijón e do lado direito o porto recreativo, um centro de bem estar e podemos também ver a parte de Cimadevilla.

Located in the zone of Fomento, this beach did not exist until the nineties when the rehabilitation plans of the marine area of Gijón began. It is in the west zone of the center of the city and is one of the most popular also because it is easily accessible for those who live and visit it. On the left side is the Aquarium of Gijón and on the right side the recreational port, a wellness center and we can also see the part of Cimadevilla.

Continue reading “Playa de Poniente – Gijón, Espanha”

Aquário de Gijón – Espanha

Passámos os últimos dias das nossas férias de Verão em familia nas Asturias, com três filhos (um de eles bébé) e sem muita vontade de fazer praia matámos a cabeça para organizar actividades interessantes para eles. Inicialmente tínhamos descartado o Aquário de Gijón mas voltámos a incluir uma das principais atracções porque conta com espécies da região o que o torna a sua visita diferente de outros que já tínhamos visitado como o de Lisboa e o de Valência. Está demonstrado que eles gostam sempre ver os tubarões, as lontras e as raias, as tartarugas gigantes e os cardumes de mil peixes de mil cores que por ali se vêm.

We spent the last days of our summer holidays as a family in Asturias, with three children (one of them baby) and without much desire to go to the beach we were stretching our heads to organize activities interesting for them. Initially we had discarded the Aquarium of Gijón but we returned to include one of its main attractions because it counts on species of the region which makes its visit different from others that we had already visited like the one of Lisbon and the one of Valencia. It is shown that they always like to see the sharks, the otters and the rays, the giant turtles and the shoals of a thousand fish of a thousand colors that you can see there.

Continue reading “Aquário de Gijón – Espanha”

Cabo de Peñas – Gozón, Espanha

Segundo dia nas Astúrias e saímos do concelho de Cudillero para ir a Gozón visitar o Cabo de Peñas e o seu farol. O ponto mais a Norte do Principado é considerado paisagem protegido (e ainda bem) porque é tal como o Cabo Vidio, algo que merece sem dúvida que se preserve. Aqui não vês praias com areia, só acantilados e rochas que se vão revelando consoante a maré, as vistas são magnificas.

Second day in Asturias and we leave the county of Cudillero to go to Gozón to visit the Cape of Peñas and its lighthouse. The most northern point of the Principality is considered protected landscape (and still good) because it is like the Cabo Vidio, something that undoubtedly deserves to be preserved. Here you do not see beaches with sand, only cliffs and rocks that are revealed according to the tide, the views are magnificent.

Continue reading “Cabo de Peñas – Gozón, Espanha”