Playa de Poniente – Gijón, Espanha

Localizada na zona de Fomento, esta praia não existia até á década de noventa em que os planos de reabilitação da zona maritima de Gijón começaram. Está na zona oeste do centro da cidade e é uma das mais concorridas também porque é de fácil acesso para os que aqui vivem e visitam. Do lado esquerdo está o Aquário de Gijón e do lado direito o porto recreativo, um centro de bem estar e podemos também ver a parte de Cimadevilla.

Located in the zone of Fomento, this beach did not exist until the nineties when the rehabilitation plans of the marine area of Gijón began. It is in the west zone of the center of the city and is one of the most popular also because it is easily accessible for those who live and visit it. On the left side is the Aquarium of Gijón and on the right side the recreational port, a wellness center and we can also see the part of Cimadevilla.

Continue a ler “Playa de Poniente – Gijón, Espanha”

Aquário de Gijón – Espanha

Passámos os últimos dias das nossas férias de Verão em familia nas Asturias, com três filhos (um de eles bébé) e sem muita vontade de fazer praia matámos a cabeça para organizar actividades interessantes para eles. Inicialmente tínhamos descartado o Aquário de Gijón mas voltámos a incluir uma das principais atracções porque conta com espécies da região o que o torna a sua visita diferente de outros que já tínhamos visitado como o de Lisboa e o de Valência. Está demonstrado que eles gostam sempre ver os tubarões, as lontras e as raias, as tartarugas gigantes e os cardumes de mil peixes de mil cores que por ali se vêm.

We spent the last days of our summer holidays as a family in Asturias, with three children (one of them baby) and without much desire to go to the beach we were stretching our heads to organize activities interesting for them. Initially we had discarded the Aquarium of Gijón but we returned to include one of its main attractions because it counts on species of the region which makes its visit different from others that we had already visited like the one of Lisbon and the one of Valencia. It is shown that they always like to see the sharks, the otters and the rays, the giant turtles and the shoals of a thousand fish of a thousand colors that you can see there.

Continue a ler “Aquário de Gijón – Espanha”

Cabo de Peñas – Gozón, Espanha

Segundo dia nas Astúrias e saímos do concelho de Cudillero para ir a Gozón visitar o Cabo de Peñas e o seu farol. O ponto mais a Norte do Principado é considerado paisagem protegido (e ainda bem) porque é tal como o Cabo Vidio, algo que merece sem dúvida que se preserve. Aqui não vês praias com areia, só acantilados e rochas que se vão revelando consoante a maré, as vistas são magnificas.

Second day in Asturias and we leave the county of Cudillero to go to Gozón to visit the Cape of Peñas and its lighthouse. The most northern point of the Principality is considered protected landscape (and still good) because it is like the Cabo Vidio, something that undoubtedly deserves to be preserved. Here you do not see beaches with sand, only cliffs and rocks that are revealed according to the tide, the views are magnificent.

Continue a ler “Cabo de Peñas – Gozón, Espanha”

Cudillero – Astúrias, Espanha

 

Uma das fotos mais famosas da linha costeira das Asturias é sem dúvida a de Cudillero,  uma pequena vila marinheira com muito encanto graças ás suas casas que dão cor a um lugar onde a montanha e o mar se encontram. Guardámos a sua visita para o último dia, andámos pelo seu concelho mas nunca chegámos a põr os pés na sua “capital” até á despedida. Isso obrigou-nos a ir com pressa, as ruas são estreitas e sinuosas, naquela manhã estavam cheias de visitantes e foi impossível parar o carro.

One of the most famous photos of the coastline of Asturias is undoubtedly that of Cudillero, a small seaside village with a lot of charm thanks to its houses that give color to a place where the mountain and the sea meet. We saved this visit for the last day, we walked through the Cudillero county but we never got to put our feet in its “capital” until we said goodbye. This forced us to go in a hurry, the streets are narrow and winding, that morning they were full of visitors and it was impossible to stop the car.

Continue a ler “Cudillero – Astúrias, Espanha”

La Rambla – Barcelona, Espanha

La Rambla, a famosa rua pedestre que se divide em cinco ramblas cada uma com o seu tema e para entender a sua origem podemos ir ao seu significado árabe: leito de um rio seco. Custa acreditar, mas por aqui chegou a passar um rio e ao ler um artigo da Traveler sobre o tema, recomendam visitá-la em direcção ao mar, por onde desceria a água do rio. Dizem que são 100 as coisas que podemos ver com interesse, eu não contei todas, nem as vou comentar neste post apenas dizer que por mais turística que seja, vale sempre a pena passear por ela.

La Rambla, the famous pedestrian street that is divided into five ramblas each with its theme and to understand its origin we can go to its Arabic meaning: bed of a dry river. It is hard to believe, but here a river has passed and when reading a Traveler’s article on the subject, they recommend visiting it in the direction of the sea, where the river water would descend. They say that there are 100 things that we can see with interest, I have not counted all, nor will I comment on this post just to say that however touristy it may be, it is always worth going for a walk.

Continue a ler “La Rambla – Barcelona, Espanha”

Mercado de la Boquería – Barcelona, Espanha

33624754105_a0966f7c02_h

Dizem que este mercado já não é o que era, a sua popularidade foi tirando cada vez mais espaço aos pontos que vendem produtos frescos para dar a postos de comida um pouco como o Mercado de San Miguel em Madrid. Há muitas críticas mas é um dos sinais do tempo que não considero mau se a ideia é vender aqui produtos de qualidade e que os seus bares se abasteçam de aí. Os seus ares modernistas do principio do século XX demonstram a evolução de um mercado que dizem existir desde o século XIII. O nosso objetivo: fazer um saquinho de picnic para ir comer a um parque em Montjüic.

They say that this market is no longer what it was, its popularity was taking more and more space from to the stalls that sell fresh produce to give to food stalls a bit like the San Miguel Market in Madrid. There are many criticisms but it is one of the signs of the time that I do not consider bad if the idea is to sell quality products here and that its bars stock up on it. Its modernist airs of the beginning of century XX demonstrate the evolution of a market that they say existed since the XIII century. Our goal: to make a picnic bag to go eat at a park in Montjüic.

Continue a ler “Mercado de la Boquería – Barcelona, Espanha”

Gran Cafe Bib-Rambla – Granada, Espanha

27744269332_e7ed2e1210_h

Outra recomendação do nosso hotel: um pequeno almoço na praça Bib-Rambla. Após algumas pesquisas escolhemos o Gran Café, um emblemático lugar cuja fama vem desde o ano de 1907 e cuja decoração de estilo art déco o torna ainda mais especial. De todas as maneiras e porque um café não vive apenas da boa localização e da sua decoração, a fama do Bib-Bambla vem também dos seus maravilhosos e estaladiços churros.

Another recommendation from our hotel: a breakfast in the square Bib-Rambla. After some research we chose the Gran Café, an emblematic place whose fame dates back to 1907 and whose décor of art deco style makes it even more special. In every way and because a cafe does not only live from the good location and its decoration, the fame of the Bib-Bambla also comes from its wonderful and crispy churros.

Continue a ler “Gran Cafe Bib-Rambla – Granada, Espanha”

Augusta Emerita – Mérida, Espanha

27956195462_a7008da51c_h

Aproveitámos uns dias de férias em Junho para visitar a cidade, capital da Extremadura e local onde estão um anfiteatro e teatro do tempo da ocupação romana. A cidade, cujo nome nessa época era Emérita Augusta foi a capital da Lusitania e hoje o seu espaço arqueológico faz parte do Património Mundial da UNESCO.

We took a few days off in June to visit the city, the capital of Extremadura and where an amphitheater and theater from the time of Roman occupation are located. The city, whose name at the time was Emerita Augusta was the capital of Lusitania and now its archaeological site is part of the UNESCO World Heritage Site.

Continue a ler “Augusta Emerita – Mérida, Espanha”

Carrer del Darro – Granada, Espanha

É talvez a rua que melhor conhecemos em Granada, o nosso hotel (ficámos no Oro del Darro Suites) estava ao final o que nos obrigou a percorrê-la várias vezes sempre com um enorme prazer e a sensação de ter descoberto mais um recanto novo que faz dela uma das mais bonitas da cidade. De acesso limitado aos carros, é das mais antigas da cidade e está rodeada de edificios dos séculos XVI e XVII.

Continue a ler “Carrer del Darro – Granada, Espanha”

Alcazaba – Granada, Espanha

27567169080_dc2512a1cb_h

A Alhambra tem um conjunto de palácios de arquitetura islâmica, um palácio do renascimento, um palácio que servia de refúgio para a realeza e a Alcazaba, a sua estrutura militar e defensiva. Muhammad I mandou construir uma fortificação na colina de Sabika e é por isso que desde o topo da sua torre mais alta, a da Vela temos uma vista espantosa sobre a cidade. Muitos recomendam começar a visita á Alhambra por aqui também por ser dos edificios mais antigos de todo o complexo.

The Alhambra has a set of Islamic architecture palaces a Renaissance palace, a palace that served as a refuge for royalty and the Alcazaba, its military structure and defensive. Muhammad I built a fortress on the hill of Sabika and that is why from the top of its highest tower, the Vela we have a breathtaking view of the city. Many recommend starting the visit to the Alhambra here also because its one of the oldest buildings of the whole complex. Continue a ler “Alcazaba – Granada, Espanha”