Aquário de Gijón – Espanha

Passámos os últimos dias das nossas férias de Verão em familia nas Asturias, com três filhos (um de eles bébé) e sem muita vontade de fazer praia matámos a cabeça para organizar actividades interessantes para eles. Inicialmente tínhamos descartado o Aquário de Gijón mas voltámos a incluir uma das principais atracções porque conta com espécies da região o que o torna a sua visita diferente de outros que já tínhamos visitado como o de Lisboa e o de Valência. Está demonstrado que eles gostam sempre ver os tubarões, as lontras e as raias, as tartarugas gigantes e os cardumes de mil peixes de mil cores que por ali se vêm.

We spent the last days of our summer holidays as a family in Asturias, with three children (one of them baby) and without much desire to go to the beach we were stretching our heads to organize activities interesting for them. Initially we had discarded the Aquarium of Gijón but we returned to include one of its main attractions because it counts on species of the region which makes its visit different from others that we had already visited like the one of Lisbon and the one of Valencia. It is shown that they always like to see the sharks, the otters and the rays, the giant turtles and the shoals of a thousand fish of a thousand colors that you can see there.

Seria um post muito grande para falar de todas as espécies que ali pudemos ver mas é de destacar a presença de várias do mar Cantábrico e portanto da costa de Asturias, que provavelmente não vamos encontrar noutros aquários. A visita começa por aí, primeiro pelas águas do rio Cantábrico onde vemos por exemplo uma lontra que se esquivava muito rápidamente dos “paparazzi”, chegamos depois ao mar onde já começamos a ver lagostas e outros crustáceos, cavalos do mar, ouriços e estrelas etc.. Como sempre os miúdos ficam encantados com o aquário central, nele vemos tubarões, raias e tantas outras espécies numa aparente harmonia de convivência. Outra coisa a destacar é que foi possível tocar em algumas espécies e segurar numa estrela do mar por exemplo. Eu sempre fico impressionada com o tanque das medusas e os mais pequenos sempre procuram o Nemo (peixe-palhaço) e encontram. As entradas custam 15€ por pessoa (adulto) e 7,5€ para crianças (a partir dos 3 anos) mas no nosso caso como temos o cartão de familia numerosas, os miudos só pagaram 3€).

It would be a big post to talk about all the species that we could see there but it is worth highlighting the presence of several of the Cantabrian Sea and therefore of the coast of Asturias, that probably we will not find in other aquariums. The visit starts there, first by the waters of the Cantabrian River where we see for example an otter that dodged the “paparazzi” very quickly, we then reached the sea where we already started to see lobsters and other crustaceans, sea horses, sea urchins and stars etc. .. As always the kids are enchanted with the central aquarium, in it we see sharks, rays and many other species in an apparent harmony of coexistence. Another thing to note is that it was possible to touch some species and hold on to a starfish for example. I am always impressed with the jellyfish tank and the little ones always look for Nemo (clown fish) and find it. The tickets cost € 15 per person (adult) and € 7.5 for children (from 3 years) but in our case as we have a large family card, kids only paid € 3).

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s