Plazuela del Marqués – Gijón, Espanha

O seu anterior nome era Plaza de la Barquera e está entre o que chamam a Cimadevilla e a parte mais moderna da cidade que cresceu rápidamente no século XVIII. O nome actual vem do Marquês de San Esteban que durante o reinado de Felipe V se torna o regente de Gijón e nela podemos ver o seu Palácio com um nome complicado de pronunciar (pelo menos para mim e ainda mais em espanhol), Revillagigedo. Esta encantadora praça com vista para o mar conta ainda com a estátua do Rey Pelayo.

Its former name was Plaza de la Barquera and is between what they call Cimadevilla and the most modern part of the city that grew rapidly in the eighteenth century. The current name comes from the Marquis of San Esteban who during the reign of Felipe V becomes the regent of Gijón and in it we can see his Palace with a complicated name to pronounce (at least for me and even more in Spanish), Revillagigedo. This charming square overlooking the sea also has the statue of King Pelayo.

 

O Palácio nasce de uma anterior construção do século XV com uma torre gótica, é depois o Marquês que no século XVIII manda construir a sua ampliação já com o traçado barroco. Hoje perfeitamente recuperado dos seus anos de abandono e até parcial destruição durante a Guerra Civil, é um dos mais importante edificios da cidade. Em frente a ele e durante a década de 90 foram feitas escavações para encontrar uma fábrica de “salazones” (método de preservar o peixe através do sal) que dizem ser dos tempos da Gigia romana, percebeu-se que esta construção estava em parte por baixo do palácio e hoje apenas vemos um pequeno círculo mostrando os restos. O que si que vemos são bares com pequenas esplanadas cheias de gente principalmente nesta época do Verão, como decidiram fechá-la ao trânsito é ideal para iniciar o passeio pelo centro.

The Palace was born from an earlier 15th century building with a Gothic tower, and then it is the Marquis, who in the 18th century had to build its extension with the baroque layout. Today perfectly recovered from its years of abandonment and even from the partial destruction during the Civil War, it is one of the most important buildings of the city. In front of it and during the 90’s excavations were made to find a factory of “salazones” (method of preserving the fish through the salt) that they say to be of the times of the Roman Gigia, it was perceived that this construction was partly by under the palace and today we see only a small circle showing the remains. What we see are bars with small terraces full of people mainly in this time of the summer, as they decided to close it to the traffic is ideal to begin a walk by the center.

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s