Experimentarium – Copenhaga, Dinamarca

No nosso primeiro dia completo em Copenhaga visitámos o Experimentarium. Tínhamos organizado a viagem pensando que nos primeiros dias não ia estar bom tempo (e nesse dia chegou a nevar de manhã) e comprámos antecipadamente os bilhetes por internet. Este é um lugar de visita obrigatória se vão a Copenhaga com crianças, passámos aqui quatro horas mas poderíamos ter ficado ainda mais. É um lugar de experiências de vários tipos, mentais ou fisicas, põem á prova as habilidades dos mais pequenos de todas as idades para além de aprenderem coisas novas.

On our first full day in Copenhagen we visited the Experimentarium. We had arranged the trip thinking that in the first days was not going to be good weather (and that day it got snowy in the morning) and we bought tickets online. This is a must visit if you are going to Copenhagen with children, we spent here four hours but could have stayed even longer. It is a place of experiences of various kinds, mental or physical, testing the skills of the little ones of all ages in addition to learning new things.

Continue a ler “Experimentarium – Copenhaga, Dinamarca”

Museu do Memorial de Caen – França

O Museu do Memorial de Caen foi o último que visitámos sobre a II Guerra Mundial, depois de visitar as praias, o cemitério americano, ver alguns documentários nos vários museus por onde passámos aqui demos por encerrado um capítulo das nossas férias em França que foi culturalmente interessante mas que não deixa de relembrar um passado muito negro. Vimos várias exposições e não explorámos ao máximo porque chegámos uma hora e meia antes de fechar mas foi o suficiente para conhecer ainda mais sobre este momento da história e chegar a ter pele de galinha quando ouvimos numa sala escura a voz furiosa de Hitler.
The Memorial Museum of Caen was the last we visited on World War II, after visiting the beaches, the American cemetery, seeing some documentaries in the various museums where we went to,  here we closed a chapter of our holiday in France that was culturally interesting but not without remembering a very dark past. We saw several exhibitions and didn’t explore to the fullest because we arrived a half hour before closing but it was enough to know even more about this moment in history and get to have goose bumps when we heard in a dark room the raging voice of Hitler.

Continue a ler “Museu do Memorial de Caen – França”

MUSEU DA MODA – BATH, INGLATERRA

Quando comprámos o bilhete combinado tinha claro que queria visitar este museu, sempre associei Bath a Jane Austen, á moda do principio do século XIX e aqui poderia estar mais perto de alguns de esses modelos que tiveram tanto êxito na época além de oferecer uma oportunidade única de experimentar um vestido e viajar no tempo. São várias galerias com mais de cento e cinquenta roupas expostas desde o século XVII até aos dias de hoje.
When we bought the combined ticket I had it clear that wanted to visit this museum, I always associated Bath to Jane Austen, to the fashion the beginning of the nineteenth century and here I could be closer to some of these models that were so successful at the time in addition to offering a unique opportunity to try a dress and travel back in time. There are several galleries with over one hundred and fifty clothes displayed from the seventeenth century to the present day.

Começamos a visita pela galeria dos Georgians onde podemos ver peças do século XVII e XVIII época em que reinaram quatro reis como o nome de George. Nesta exibição podemos ver os vestidos mais próximos aos que vemos a personagens como Elizabeth Bennet na série de Orgulho & Preconceito. Mas também tem alguns trajes masculinos muito elegantes alguns de estilo militar e algum típico da Escócia. Destacam também os Mantua que são vestidos muito largos e cuja sua extensão é dada por um saiote de ripas. Passamos depois aos Provadores, aqui podes vestir-te a rigor e tirar fotos como se vivesses na época da Rainha Vitória, é talvez a parte mais interactiva da visita.
Chegamos aos Bastidores onde estão vários vestidos expostos, catalogados e com as suas respectivas datas, é uma excelente forma de ver a evolução da moda até chegar a época Downton Abbey. Por último encontramos a moda dos dias de hoje, desde as roupas mais quotidianas aos grandes desenhadores.
Não me pareceu um museu muito grande mas tem bastante conteúdo e é passagem obrigatória quando visitamos Bath.

We began to visit the gallery of Georgians where we can see pieces from the seventeenth and eighteenth time that four kings as the name of George reigned. In this view we can see similar dresses to those we see in characters  such as Elizabeth Bennet in Pride & Prejudice series. But it also has some very stylish men’s suits some military-style and some typical of Scotland. They also emphasize the Mantua that are too large dresses and whose its length given by a kilt slats. We then go to Dressing Up, here you can dress in rigor and take pictures as if you lived at the time of Queen Victoria, it is perhaps the most interactive part of the visit. We go to the Backstage where several dresses are in display, cataloged and with their respective dates, it’s a great way to see the evolution of fashion until the time of Downton Abbey. Finally we find the fashion of today, from the most everyday clothing to the great designers.It did not seem a very big museum but has enough content and is obligatory stop when we visited Bath.

Assembly Rooms

Assembly Rooms


Our guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com/2001/10/guia-de-bath.html

MUSEU SOROLLA – MADRID, ESPANHA

Foram o Cerralbo e o Museu do Romanticismo que me abriram o apetite para este tipo de lugar metade casa, metade museu. Sorolla foi um pintor espanhol do seculo XIX/XX nascido em Valência, com obras impressionistas e luministas, podemos ver também na sua arte o seu grande apreço pela vida familiar uma vez que muitas das obras que aqui encontramos são retratos da sua mulher Clotilde e filhos.

The Cerralbo and Romanticism Museum were the ones that opened my appetite for this kind of place half home, half museum. Sorolla was a Spanish painter of the nineteenth century / XX born in Valencia, with impressionist and luminist works, we can also see in his art its great appreciation for family life since many of the works that we find here are portraits of his Clotilde wife and children.

Estamos na casa de Sorolla e nas primeiras salas vemos os primeiros retratos da familia e uma das suas obras mais famosas El Baño del Caballo. São várias as obras onde a praia serve como pano de fundo e quase todas em Valência, no segundo piso na exposição temporal podemos ver algumas fotografias de Sorolla enquanto pintava algumas das suas obras mais importantes com os pés no mar. O seu estudio é um dos melhor conservados na Europa e podemos ver os pincéis que utilizou para alem de outros materiais. Tinha uma luz excelente e aqui encontramos obras como o Paseo a Orillas del Mar que se junta a uma serie de quadros de quando esteve com a familia em Biarritz.
Um dos que mais gostei foi o Madre em que Sorolla pinta a sua mulher Clotilde a filha recém nascida, um dos mais bonitos pela sua vontade de capturar este momento importante da sua vida.
Depois de visitar a Casa fiz um pequeno passeio pelos jardins, fontes, coloridos azulejos, cadeiras em vários recantos acolhedores que foram se duvida inspiradores para o pintor.
A casa conta também com um pátio de inspiração andaluza. A entrada custa 3€ e é um pequeno preço a pagar por um tipo de museu que começa cada vez mais a ser do meu agrado juntando se á minha lista de favoritos em Madrid.

We are in Sorolla’s home and the first room we see the first pictures of the family and one of his most famous works El Baño del Caballo. There are several works where the beach serves as a backdrop and almost all in Valencia, on the second floor in time we can see some Sorolla exhibition of photographs while painting some of his most important works with his feet in the sea. Your studio is one of the best preserved in Europe and we can see the brushes he used besides other materials. It had an excellent light and here we find works such as the Paseo a Orillas del Mar who joins a series of when he was with his family in Biarritz. One that I liked the most was the Mother in which Sorolla painted his wife Clotilde with their newborn daughter, one of the nicest because of his desire to capture this important moment of his life. After visiting the house I had a short walk through the gardens, fountains, colored tiles, chairs in several cozy corners that were no doubt inspiring to the painter. The house also has an Andalusian inspired courtyard. Admission is € 3 and is a small price to pay for a kind of museum that begins increasingly to be of my liking and is joining my list of favorites in Madrid.

Website: http://museosorolla.mcu.es/
Morada: Paseo del General Martínez Campos, 37
Metro: Rubén Dario

Our Guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com.es/p/madrid.html

Biblioteca Nacional – Madrid, Espanha

Cinco anos a viver em Madrid e outros cinco com vontade de conhecer a sua maior biblioteca. Quem não estudou numa biblioteca, consultou algum livro ou até os levou emprestados. Eu sempre ia ás bibliotecas do bairro, mais modernas sem o privilégio de estar a estudar numa sala com mais de cento e cinquenta anos. A que podemos visitar hoje foi inaugurada em 1896 depois de estar mais de um século a mudar de sede.
Five years living in Madrid and five wanting to discover it’s greatest library. Who did not study in a library, consulted a book or even took them on loan. I would always go to the neighborhood libraries, more modern without the privilege to be studying in a room that is over one hundred and fifty years. The library we can see today was inaugurated in 1896 after being over a century changing headquarters.

Continue a ler “Biblioteca Nacional – Madrid, Espanha”

Museu do Mar – Cascais, Portugal

Numa semana de férias em Cascais descobri este museu de entrada gratuita que conta um pouco essa ligação que esta vila sempre teve com o mar, com a pesca e até com a familia real. Recebeu o nome do Rei D. Carlos um apaixonado pela oceanografía, cujas descobertas, utensilios e réplicas do seu barco Amélia, podemos encontrar nas várias salas de este pequeno museu. Foi uma agradável surpresa e um excelente plano para ir em familia.
 
In a week’s holiday in Cascais we discovered this free entrance museum that tells a little about the connection that this town has always had with the sea, with fishing and even the royal family. Received the name King D. Carlos passionate about oceanography, whose findings, utensils and replicas of his Amelia boat, we can find in several rooms of this small museum. It was a pleasant surprise and an excellent plan to go on family.

Continue a ler “Museu do Mar – Cascais, Portugal”

The Art Institute – Chicago, EUA

Talvez o museu mais importante da cidade e é sem dúvida um dos obrigatórios a visitar se estás em Chicago. Guardei-o para o último dia e não foi a melhor a ideia porque para realmente explorar tudo o que tem para oferecer precisas no minimo reservar uma manhã (4 horas) e para realmente ver todas as galerias com merecida atenção seria necessário um dia completo.
A sua extensa coleção esta dividida em dois edificios e três andares, os pisos um e dois conservam a maior parte com exposições que vão desde a Arte Islâmica, Chinesa, Indiana, Africana passando pela gloriosa época dos gregos e romanos. Na era mais moderna podemos ver alguns dos pintores mais famosos da Europa como Picasso mas a parte que mais me interessava era a arte Americana.

Perhaps the most important museum of the city and is arguably one of the mandatory to visit if you are in Chicago. I saved it for the last day and it was not the best idea because to really explore all it has to offer very well you need at least a morning (4 hours) and to actually see all galleries with attention it deserves, a full day would be necessary.
Its extensive collection is divided into two buildings and three floors, the floors one and two retain most with exhibits ranging from the Islamic Art, Chinese, Indian, African past the glorious time of the Greeks and Romans. In more modern times we can see some of the most famous painters of Europe as Picasso but the part that interested me most was the American art.

Continue a ler “The Art Institute – Chicago, EUA”