Experimentarium – Copenhaga, Dinamarca

No nosso primeiro dia completo em Copenhaga visitámos o Experimentarium. Tínhamos organizado a viagem pensando que nos primeiros dias não ia estar bom tempo (e nesse dia chegou a nevar de manhã) e comprámos antecipadamente os bilhetes por internet. Este é um lugar de visita obrigatória se vão a Copenhaga com crianças, passámos aqui quatro horas mas poderíamos ter ficado ainda mais. É um lugar de experiências de vários tipos, mentais ou fisicas, põem á prova as habilidades dos mais pequenos de todas as idades para além de aprenderem coisas novas.

On our first full day in Copenhagen we visited the Experimentarium. We had arranged the trip thinking that in the first days was not going to be good weather (and that day it got snowy in the morning) and we bought tickets online. This is a must visit if you are going to Copenhagen with children, we spent here four hours but could have stayed even longer. It is a place of experiences of various kinds, mental or physical, testing the skills of the little ones of all ages in addition to learning new things.

Continue a ler “Experimentarium – Copenhaga, Dinamarca”

Kastellet – Copenhaga, Dinamarca

No nosso primeiro dia (completo) em Copenhaga fomos ao Experimentarium e saímos depois na estação de Osterport que está a um saltinho do Kastellet uma das fortalezas melhor conservadas e como muitos castelos ou palácios, os seus jardins e arredores são agora parques que os dinamarqueses e visitantes podem aproveitar. As suas muralhas formam um pentágono e foi originalmente construída no século XVII, com os seus cinco bastiões e apenas se pode entrar por duas portas a do Rei e a do Norte.

On our first full day in Copenhagen we went to the Experimentarium and then left at the Osterport station which is a short hop from Kastellet one of the best preserved fortresses and like many castles or palaces, its gardens and surroundings are now parks that the Danes and visitors can enjoy. Its walls form a pentagon and was originally built in the seventeenth century, with its five bastions and can only be entered by two doors to the King and the North.

Continue a ler “Kastellet – Copenhaga, Dinamarca”

EUA :: USA

32174340547_6e5e65c1b0_h

Foram três viagens aos Estados Unidos e quatro cidades que visitámos, ainda falta muito para explorar neste país mas visitei alguns dos seus lugares mais emblemáticos. A primeira viagem foi a Seattle e o primeiro grande ícon que conhecemos foi a Space Needle, a segunda foi a Nova Iorque que combinámos com uma day trip a Washington D.C.. E o que dizer de NYC que já não tenha sido dito? Foi uma semana a conhecê-la intensivamente, os seus museus, as suas avenidas e arranha-céus, a Brooklyn bridge e a casa da Carrie Bradshaw. A última foi a Chicago, uma cidade que me deixou fascinada, o seu lago gelado (porque foi no Inverno), os seus teatros e claro, a arquitetura. Confirma-se que falta muito por descobrir mas aqui ficam os guias das cidades que fomos conhecer.

There were three trips to the United States and four cities we visited, there is still a lot to explore in this country but I have visited some of its most emblematic places. The first trip was to Seattle and the first big icon we met was the Space Needle, the second was to New York that we combined with a day trip to Washington D.C. And what about NYC that has not already been said? It was a week to get to know her intensely, her museums, her avenues and skyscrapers, the Brooklyn bridge and the Carrie Bradshaw house. The last one was in Chicago, a city that fascinated me, its frozen lake (because it was winter), its theaters and of course, the architecture. It is confirmed that there is much to discover but here are the guides of the cities that we have met.

Continue a ler “EUA :: USA”

Cemitério Americano na Normandia – Colleville-sur-Mer, França

Quando chegámos ao Cemitério da Normandia coincidimos com a visita VIP de um veterano que desembarcou na Omaha Beach no famoso dia D de 6 de Junho de 1944. Foi o melhor da nossa visita vê-lo olhar para a praia e para o cemitério, ele que viveu para contar o horror de esse dia mas que nesse momento o fez com um sorriso como o de quem tem saudades dos lugares onde somos felizes. Ele não foi feliz seguramente, nada neste cemitério traz felicidade mas tantas cruzes serão em vão se não somos capazes de celebrar que a liberdade que temos hojes foi graças á coragem de estes jovens soldados.

When we arrived at the Normandy Cemetery we coincided with the VIP visit of a veteran who landed at Omaha Beach on the famous D-day of June 6, 1944. It was the best of our visit to see him look at the beach and the cemetery, he who lived to tell the horror of that day but at that moment did so with a smile like the one who misses the places where we are happy. He was not happy surely, nothing in this cemetery brings happiness but so many crosses will be in vain if we can not celebrate that the freedom we have had was thanks to the courage of these young soldiers.

Continue a ler “Cemitério Americano na Normandia – Colleville-sur-Mer, França”

Bayeux – França

33235727818_c7b1475290_h

Na nossa Road Trip pela Normandia tínhamos planeado passar por Bayeaux, foi uma visita muito breve tendo como principal objetivo visitar o Museu da Tapeçaria para visitar os 58 painéis que contam a história de Guilherme o Conquistador.  Na primeira Guerra Mundial esta foi a primeira cidade a ser libertada pelos ingleses e felizmente ainda mantém o seu charme graças á sua construção á volta do rio Aure.

In our Road Trip through Normandy we had planned to go through Bayeaux, it was a very brief visit having as main objective to visit the Museum of the Tapestry to visit the 58 panels that tell the story of Guilherme the Conqueror. In the first World War this was the first city to be liberated by the English and fortunately still maintains its charm thanks to its construction around the river Aure.

Continue a ler “Bayeux – França”

Guia de Braga

Braga sempre foi uma das minhas cidades portuguesas favoritas, adoro história e aqui encontramos tanta para contar. A começar pela Sé, a mais antiga do país e terminando no topo do Bom Jesus. Depois vem a gastronomias, as pessoas da cidade e o facto de que soube reinventar-se mesmo com a sua longa história. Ganha ainda mais relevância na Páscoa que foi quando a visitámos.

Braga has always been one of my favorite Portuguese cities, I love history and here we find so much to tell. Beginning with Sé, the oldest in the country and ending at the top of Bom Jesus. Then comes the gastronomy, the people of the city and the fact that it has reinvented itself even with its long history. It gains even more relevance at Easter that was when we visited it.

Last Visited: March 2018

Continue a ler “Guia de Braga”

Igreja de S. João do Souto & Capela dos Coimbra – Braga, Portugal

Nasceram nesta igreja uma das festas mais conhecidas de Braga, as que prestam homenagem a São João que se celebram em Junho e são das mais populares de Portugal. Foi construída no século XVIII e mesmo ao lado está a Capela da Casa dos Coimbra que foi construída no século XVI e cujo palácio original foi demolido, reconstruído noutra zona recuperando alguns dos seus principais elementos.

This church was born in one of the most famous festivals in Braga, the ones that pay homage to St. John, which are celebrated in June and are among the most popular in Portugal. It was built in the 18th century and right next to it is the Chapel of the Coimbra House which was built in the 16th century and whose original palace was demolished, rebuilt in another area recovering some of its main elements.

Continue a ler “Igreja de S. João do Souto & Capela dos Coimbra – Braga, Portugal”