do: EXPOSIÇÃO PAPA JOÃO PAULO II – VATICANO

Religiosos ou não, recomendo a visita a esta exposição sobre o Papa João Paulo II (agora Beato).
Eu a única coisa que tenho em comum com é o dia de aniversário e o facto de chegar a Papa no ano de 1978, o ano em que eu nasci.
O meu principal interesse na exposição era conhecer melhor Karol Józef Wojtyła, o seu percurso como um humilde jovem polaco, que assiste á crueldade da guerra e como chega figura máxima da igreja católica.

Continue reading “do: EXPOSIÇÃO PAPA JOÃO PAULO II – VATICANO”

Anúncios

FACE THE FORCE EXPO – MADRID, ESPANHA

Está a decorrer até ao dia 30 de Novembro uma exposição ao ar livre do Star Wars: Face the Force. O filme estreia na cidade no dia 18 de Dezembro e até lá são várias as ações de divulgação, esta é uma delas mas há outras, como por exemplo, Storm Troopers a tirar fotografias á porta das lojas Disney. A exposição está formada por oito capacetes alusivos á série cujas localizações se podem ver neste mapa: http://www.starwars.es/face-the-force.
Is taking place until 30th November an outdoor exhibition of Star Wars: Face the Force. The film opens in the city on December 18 and there are a number of marketing activities, this is one of them but there are others, such as Storm Troopers taking pictures outside Disney stores. The exhibition is made by eight depicting helmets from the series whose locations can be seen on this map: http://www.starwars.es/face-the-force.

Durante o passeio pela cidade consegui ver quatro deles, o Captain Phasma que está no Jardín de los Descubrimientos perto da Plaza del Colón, o outro era um Storm Trooper da First Order que está á entrada do Parque del Retiro com a Puerta del Alcalá como pano de fundo. Junto á Gran Via, na Plaza de España está um piloto da Resistência e consegui ver o tão esperado Darth Vader que está na Glorieta de Bilbao que na minha opinião não é a melhor localização para ele porque se junta muita gente num espaço tão pequeno (eu diria que é o que está na zona mais pequena). Espero encontrar os quatro que faltam que estão junto ao Reina Sofia, ao Parque Madrid Rio, á Glorieta de Santa María de la Cabeza e o Estádio Santiago Bernabéu.

During the city tour I got to see four of them, Captain Phasma which is the Jardín de los Descubrimientos near the Plaza del Colon, the other was a Storm Trooper of the First Order which is at the entrance of the Parque del Retiro with the Puerta del Alcala in the background. Near the Gran Via, in Plaza de España there is a pilot of the Resistance and I got to see the highly anticipated Darth Vader that is in Glorieta de Bilbao which in my opinion is not the best location for it because it concentrates too many people in such a small space (I would say it’s what’s in the smallest area). I hope to find the four missing which is by the Reina Sofia, the Park Madrid Rio, Glorieta de Santa María de la Cabeza and the Santiago Bernabeu Stadium.

Website: http://www.starwars.es/face-the-force

Our Guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com.es/p/madrid.html

Casa Decor 2013 – Madrid, Espanha

Desde que mudámos de casa e de país que comecei a dar menos valor á decoração. Em menos de cinco anos estivémos em três casas diferentes o que te dá outra perspectiva sobre o tema, para mim o importante é ter móveis que se desmontem com facilidade, que aguentem o desgaste e pouco ou nada podemos decorar (pintar paredes, aplicar papel, etc..) porque quando vives numa casa alugada tens que a devolver como a encontraste. Mas isso não nos impediu de trocar o Mercado dos Livros (a chuva afastou-nos) por uma visita a Casa Decor para inspiração, para apanhar pequenos truques que não precisem de muito investimento.

Since we changed our home country and I started will give less value to decorating. In less than five years we’ve been in three different houses which gives you another perspective on the issue, for me the important thing is to have furniture that disassemble easily, hold on to moving aroung and little or nothing we can decorate (paint walls, apply paper etc. ..) because when you live in a rented house you have to return it in the same way you find it. But that does not stop us from changing from the Market Books (rain pushed us) for a visit to Casa Decor for inspiration, to pick up little tricks that do not require much investment.

Continue reading “Casa Decor 2013 – Madrid, Espanha”

do: EXPOSIÇÃO JOANA VASCONCELOS NO PALÁCIO DA AJUDA – LISBOA, PORTUGAL

Não estava nos nossos planos visitar esta exposição mas uma amiga recomendou-nos e fomos todos juntos. Já tinha lido sobre a Joana Vasconcelos o que me levou a visitar o Kit Garden no Largo do Intendente. Na altura chamou-me a atenção de ter sido a primeira artista feminina (e portuguesa) a ter uma exposição no Palácio de Versalhes, não sei terá ajudado o facto de ter nascido em Paris.
 
It was not in our plans to visit this exhibition but a friend recommended us and we all went together. I had read about Joana Vasconcelos which led me to visit the Garden Kit in Largo Intendant. At the time it called my attention the fact of being the first female artist (and Portuguese) to have an exhibition at the Palace of Versaillesthe fact that she was born in Paris might actually helped.

Levava muita curiosidade de ver um pouco mais do seu trabalho, lembrava-me da parte das rendas mas esta exposição permite ver a sua versatilidade e utilização de varios materiais para comunicar diferentes pontos de vista.
O que mais gostei foi a integração das peças no ambiente do Palácio, deram-lhe um ambiente mais acolhedor. Quanto a peças favoritas gostei muito do candeeiro Carmen, o Coração Vermelho e claro os sapatos Marylin. Na exposição está também uma das suas peças mais conhecidas: A Noiva. Um grandioso lustre feito com tampões.
A minha zona preferida foi mesmo a sala do Coração Vermelho, quando entrámos tocava a música Gaivota da Amália e fiquei arrepiada.
 
I was very curious to see a little more of her work, I remembered part of the lace but this exhibition allows us to see her versatility and use of various materials to communicate different points of view.
What I liked most was the integration of the parts in the environment of the Palace, gave him a more welcoming environment. As for favorite pieces I liked the lamp Carmen, the Red Heart and Marylin shoes. On display is also one of her best known pieces: The Bride. A grand chandelier made with tampons.
My favorite area was the Red Heart room, when we entered the music that was playing was Amalia’s “Gaivota” and I was shivering.

 

A Todo o Vapor/Full steam ahead

Joaquina e Formentera

Carmen
 
Marylin
 
Coração Vermelho/Red Heart
 
A Noiva/The Bride
 
Lilicóptere
 
Royal Valkyrie
Preço das entradas: 10€ adulto
 
Our guide of:

do: EXPOSIÇÃO POMPEYA – MADRID, ESPANHA

Tinha visto á pouco tempo um documentário sobre Pompeia e como era a vida naquela cidade antes de ter sido destruída pela ira do Vesúvio e ao saber desta exposição no Centro Arte do Canal decidimos aproveitar este fim de semana chuvoso para visitá-la.
Fica junto á Plaza de Castilla e as entradas são 6€ por pessoa (adulto). Não vale a pena ir carregado com máquina fotográfica porque não se pode fotografar no interior.
 
I’d seen not long ago a documentary about Pompeii and what life was like in that city before it was destroyed by the wrath of Vesuvius and when I Heard about this exhibition at the Arte do Canal center we decided to visit it on this rainy weekend.
It is next to the Plaza de Castilla and the entrance is € 6 per person (adult). You don’t need to go loaded with a camera because you can not take pictures inside.

Para quem gosta de história (eu!eu!eu!) e em particular de esta época a exposição é interessante. Em alguns momentos aterradora principalmente na parte audiovisual em que te mostram as varias erupções do Vesúvio ao longo dos anos e o facto de nos seus arredores continuarem a viver pessoas. Se uma nova catástrofe acontece, são três milhões os habitantes que podem vir a ser afectados e não três mil como na de do ano de 79 d.C..
Grande parte das peças são originais cedidas pelo Museu de Nápoles e vindas das cidades de Pompeia, Herculano e outras nos arredores.
 
For those who like history (me!me!me!) and in particular this era, the exhibition is interesting. In some moments chilling mainly in the audiovisual that will show the various eruptions of Vesuvius over the years and that in it’s surroundings people continue to live. If another disaster happens, there are three million residents who may be affected and not three thousand as of in the year 79 AD.
Much of the original parts are provided by the Museum of Naples and came from the cities of Pompeii, Herculaneum and others around.
 
>>> Cartaz oficial da Exposição (not my photo)
Foi graças a um rei espanhol, D. Carlos III que se iniciou no século XVIII as escavações que permitiram conhecer mais sobre a história de Pompeia, na altura era também rei de Sicilia e Nápoles reclamando o direito á zona onde procedeu á descoberta de um dos maiores testemunhos da vida na época dourada do Imperio Romano.
Impressiona ver o cão carbonizado numa posição de agonia ou esqueletos de pessoas que tentaram fugir pela Praia. Mas o que mais gostei foi a reconstituição de uma casa da época e alguns detalhes como os alfinetes de dama (muito parecidos ao que usamos hoje) que se utilizava para prender os vestidos, além das peças de bijuteria.
 
It was thanks to a Spanish King, D. Carlos III who order the excavations in the eighteenth century that allowed us to know more about the history of Pompeii, at the time he was also king of Sicily and Naples claiming the right to the area where proceeded to the discovery of one of the greatest testimonies of life in the Golden Age of the Roman Empire.
Impressive to see the dog in a position charred skeletons of agony or of people who tried to flee the beach. But what I liked most was the rebuilding of a house at the time and some details like the pins lady (very similar to what we use today) that was used to hold the dresses, in addition to pieces of jewelry.
 
 
Metro: Plaza de Castilla
 
Guia Madrid/Madrid Guide

Exposição La Moda es Sueño – Madrid, Espanha

 

Quando terminei a visita á exposição: “La Moda es Sueño – 25 años de talento español” fiquei a pensar se haveria melhor local para mostrar aos visitantes os cerca de 70 modelos dos melhores estilistas espanhóis, porque claramente no Museu Cerralbo estão em casa.
After visiting the exhibition “La moda es sueño – 25 años de talento español” (Fashion is a dream – 25 years of spanish talent), I kept thinking: what other place could they have placed it? Because in the Cerralbo Museum this collection of the best fashion from the best spanish designers feels at home.

Continue reading “Exposição La Moda es Sueño – Madrid, Espanha”