MAAT – Lisboa, Portugal

Há um ano atrás que a paisagem de Belém nunca mais foi a mesma, 2016 foi o ano em que o MAAT com o seu novo e moderno edificio abriu ao lado de outro emblemático onde esteve instalado o Museu da Electricidade. Trouxe modernidade numa linha junto ao rio marcada por grandes monumentos como o Padrão dos Descobrimentos e a Torre de Belém. Obra assinada por Amanda Levete, tem dupla funcionalidade: albergar obras de arte e servir de mirador para o rio Tejo.

From a year back the landscape of Belém would never be the same, 2016 was the year in which the MAAT with its new and modern building opened next to another emblematic where the Museum of Electricity was installed. Brought a modern touch in a line along the river marked by great monuments like the Padrão dos Descobrimentos (Monument of the Discoveries) and the Tower of Belém. Work signed by Amanda Levete, has dual functionality: to host works of art and serve as a viewpoint for the Tagus River.

Continue reading “MAAT – Lisboa, Portugal”

Anúncios

Centro Cultural de Belém (CCB) – Belém, Portuga

8097799420_a160b6f4ce_b
São muitas as (boas) memórias que tenho do CCB, lembro-me de que quando foi inaugurado se falava de que era uma construção desnecessária porque o motivo da sua construção foi pelo facto de Portugal acolher a presidência da União Europeia, estávamos em 1992. Na altura diziam que o edificio era feio, uma aberração que estragaria a beleza da Praça do Império dominada pelo Mosteiro dos Jerónimos.
There are many (good) memories I have of CCB, I remember that when it first opened there was talk about it’s building was unnecessary because the reason for its construction was the fact that Portugal wat hosting the EU Presidency, this was in 1992. At the time they said that the building was ugly, an aberration that would spoil the beauty of the Empire Square  (Praça do Império) dominated by the Jeronimos Monastery.

Continue reading “Centro Cultural de Belém (CCB) – Belém, Portuga”

do: PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS – BELÉM, PORTUGAL

Com a generosidade do Pai Natal que me ofereceu uma máquina fotográfica, decidimos fazer a sua “rodagem” com um passeio por Belém.
Vivo a 10 minutos de Belém e nunca tinha subido ao Padrão dos Descobrimentos, a vista é magnifica, fotografar Belém, Lisboa e o Tejo dali faz-nos sentir privilegiados. Uma das vistas mais famosas e igualmente magnifica é a da gigante roda dos ventos, cujo formato quando estamos a pisá-la nem reconhecemos, mas vista de cima é sem dúvida outra perspectiva.

É importante não deixar de contemplar os detalhes do seu exterior, a sua forma de caravela e todos os personagens nele recriados, tendo como principal figura a do Infante D. Henrique, cujo cognome era o Navegador. Além de de D. Filipa Lencastre, Rainha de Portugal e os seus filhos com o rei D. João I, além de vários navegadores como Gil Eanes e Vasco da Gama.
No seu interior está uma exposição sobre a sua construção e algumas fotos da época em que foi construído. Isto porque antes tinha sido construída uma outra torre similar para uma exposição em 1940 chamada Mundo Português. Nesta altura Salazar comandava o país num regime de ditadura. 
E falei de vista mas faltou mencionar a que mostra o Mosteiro dos Jerónimos com o seu imponente jardim e por trás o bairro do Restelo, com o campo de futebol onde joga o Belenenses.

 

Entradas 7€ (Adulto)
Website: http://www.mosteirojeronimos.pt/pt/index.php

Our guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com.es/p/guia-de-lisboa.html

BELÉM, PORTUGAL

Hoje conhecemos…o Starbucks de Belém!

Finalmente, a cadeia americana decidi abrir uma loja sua em Portugal e escolheu Belém, a poucos metros da pastelaria que vende os tão famosos pastéis de Belém. A primeira onde entrei foi nos EUA e depois estive este Verão em Madrid e aproveitei para matar saudades.

Gosto da loja e do conceito, do café, do cacau tudo do comércio justo. Gosto dos muffins e dos frapuccinos de caramelo…mesmo quando estamos no Inverno e deveríamos beber uma bebida mais quente.

Um dia estava fantástico e aproveitámos para dar mais uma volta por Belém, o passeio do costume é verdade, mas que muitos fazem horas e horas de viagem para ter o privilégio de o fazer e eu demoro 15 minutos.

 

Aproveitámos para fotografar o Palácio de Belém, residência oficial do Presidente da República ou seja do Cavaco Silva e companhia.

 

 

Continuámos pelos jardins até avistarmos o Mosteiro dos Jerónimos. Um grande testemunho ao estilo arquitectónico manuelino, o Mosteiro foi construído depois de Vasco da Gama ter chegado á Índia e nele descansa num adornado túmulo.

Já o tínhamos visitado antes por dentro e por fora, mas é sempre magnifico vê-lo novamente e ver também os pormenores no jardim, as fontes, as estátuas, etc..

 

 

Há sempre uma boa desculpa para passear por Belém, nem que seja para espreitar o Starbucks pela primeira vez ou comer um maravilhoso pastel de nata, seja como fôr…é imperdível!