EM DESTAQUE – NEVE

O ano de 2012 começou com grandes quedas de neve por toda a Europa, aquelas que muitos praticantes de desportos de neve esperavam pelo menos em Dezembro. Não somos os maiores especialistas em destinos de neve, mas já passámos por alguns desde os mais habituais a alguns não tanto. 

 

O QUE VISITÁMOS:

(Clicar na Polaroid para ver) 

     
 

 

 

 
     

 

OBERLECH, ARLBERG, ÁUSTRIA

Chegar a Oberlech é uma viagem relativamente fácil, aterrámos em Munique e demorámos duas horas de carro a chegar.

Ficámos hospedados no Montana Oberlech (Link) cuja principal vantagem é passar pela sua porta e começar logo a andar nas pistas. Uma curiosidade do hotel é o símbolo olímpico orgulhosamente colocado na sua fachada, o motivo: o hotel é gerido pela familia Ortlieb e Patrick Ortlieb foi campeão olímpico de esqui alpino.

 

Aliás toda a estância de Oberlech está muito bem preparada para o ski, já nós os snowboarders sentimo-nos um pouco como peixes fora de água, por mais que tentemos nunca teremos a mesma velocidade para acompanhar os demais…

Acostumados que estamos ás estâncias espanholas chegamos a Oberlech e logo na primeira cadeira que nos sentamos começamos a sentir um calor pouco habitual…eram aquecidas!!!

A estância está a 1660 metros e o ponto mais alto a 2810 metros, são quilómetros e quilómetros de neve para esquiar.

Outro dos pontos altos da nova visita foi ter ido andar no Toboggan, uma pista de trenós onde a velocidade e a “batota” tornam tudo mais divertido. Bem mais do que rezar que a minha prancha ande o suficiente para apanhar o grupo de ski com quem eu andei, valeu-me o guia/professor de ski que liderava o grupo e com o baton lá me ia puxando como se eu fosse um atrelado…

Não é por nada que dizia que aqui é o berço do esqui alpino e poucos eram os que se atreviam a fazer snowboard por aquelas bandas, também não lhes deve estar no ADN.

 

De noite tivémos a oportunidade de passear pela estância com a ajuda de umas lanternas e uma boa resistência ao frio, á nossa espera um vinho aquecido numa fogueira.

 

(relato da viagem que fiz em 2006)

 

Navacerrada – Madrid, Espanha

Tal como Valdesqui, a principal vantagem de Navacerrada é estar a pouco menos de uma hora de Madrid. Hoje fomos  a esta estância exactamente porque a outra estava cheia e claramente percebemos porquê. Navacerrada é muito mais pequena, tem poucas pistas, que se contam com os dedos de uma mão além de serem quase todas relativamente curta excepto as da zona de Guarramillas.

Continue a ler “Navacerrada – Madrid, Espanha”

do: VALDESQUI – MADRID, ESPANHA

Hoje esquiámos na estância de Valdesqui que fica a uma hora de carro da cidade de Madrid.

É pequena se a compararmos com Serra Nevada por exemplo, mas a verdade é que a pouco tempo de Madrid não podíamos exigir muito mais. Para “matar o bicho” como se costuma dizer, serve perfeitamente. Mas para quem tem um nível de ski mais avançado acredito que se torne um pouco…aborrecida. Tem pistas azuis e verdes, algumas das azuis começam como vermelhas mas em troços muito curtos.
 
Today skied the resort Valdesquí which is an hour drive from the city of Madrid.
It is small if we compare it with Sierra Nevada for example, but the truth is that it’s close to Madrid could not demand more. To just go down a couple of tracks it is perfectly fine. But for those on a more advanced level of skiing I believe that it can become a bit boring. It has blue and green tracks, some of the blue begin as red but in very short sections.

Tivémos muita sorte com o tempo estava um sol fabuloso e até algum calor o que mais a meio da tarde fazia piorar as condições da neve. 
As infraestruturas ajustam-se á dimensão da estância, tinha duas cafetarias e logo por azar escolhemos a pior que fica a meio da estância, ficámos com a sensação que a melhor seria a de baixo junto ás escolas, bilheteiras, etc.. Na que fomos só havia a chamada comida de “basura”, podíamos escolher entre um “perrito caliente” (cachorro quente) ou uma sandes de tortilla, tudo coisas leves. As batatas fritas e outras bebidas como Coca-cola eram compradas em máquina. Os horários também estranhos, fechavam ás 15h30.

We were very lucky with the weather it was a fabulous sun and it was even hot wish in the afternoon made the snow conditions worse.
The infrastructure matches the size of the sky station it had only two cafeterias and unluckily we picked the worst that is in the middle of the resort, we got the feeling that the best would be close down the schools, ticket sales, etc. .. In this one they only had junk food, we could choose between a hot dog or a tortilla sandwich, all light things. The chips and other drinks like Coca-Cola have to be bought from a machine. Also time schedule was also strange as it closed at 15.30 hours.

Já a estância fecha ás 16h30, sendo que a última subida é ás 16h00.

The station closes at 16h30 and the lifts go up one last time at 16h00.

Website: http://www.valdesqui.es/pistas.php

Our guide of:

Estância Serra Nevada – Granada, Espanha

Hoje conhecemos…a estância de neve da Sierra Nevada.
Fomos exactamente antes da semana da Páscoa, não podíamos ter feito melhor escolha de época. Boa neve, boas condições para o ski ou snowboard, bom tempo com alguns dias um pouco mais tremidos, mas sempre com posibilidades de esquiar. Creio que o pior dia foi o primeiro em que se montou um nevoeiro que só andei numa pista verde e mesmo assim não via um palmo, de resto sempre em grande.
Today we have discovered  the snow station of Sierra Nevada.
We went just before the Easter weekend, we could not have made ​​a better choice. Good snow, good conditions for skiing or snowboarding, good weather with some days a bit shaky, but always with possibilities of skiing. I think the worst day was the first there was an intense fog and I only went to the green track and still I couldn’t see anything, otherwise it was always great.

Continue a ler “Estância Serra Nevada – Granada, Espanha”