eat: GELADOS DO SR. ANTÓNIO – LISBOA, PORTUGAL

Há sitios que te vendem gelados (uns saborosos outros não tanto), há outros que te vendem gelados com um sorriso e há ainda os que te vendem gelados, com um sorriso e uma boa história de vida. E assim nasce este post tão diferente de outros que faço porque normalmente falo de lugares mas aquifalo de pessoas. Os gelados podiam até saber a Sonasol que só pela simpatía do Sr. António eu compraria uns quantos, felizmente sabem bem e têm os meus cones preferidos da Progelcone, todo um clássico que vai dando voltas pelo Parque Eduardo VII.
 
There are places that sell ice cream (some other tasty other not so much), there are others that sell ice creams with a smile and there are also those who will sell ice creams, with a smile and a good life story. And so this post is born so different from the others that I do because usually I write about places but here I talk about people. The ice cream might even taste like dishwasher that just for the kindness of Mr. António I would buy a few, fortunately they tasted well and had my favorite cones of Progelcone, a classic goes around the Parque Eduardo VII.

 
Ele vai andando com a sua motoreta pelo parque e nesse dia fazia um calor de rachar, parámos para pedir três gelados e um cone (sem bolas de gelado) para o bébé. Já é difícil alguém comprar um gelado com má cara e será missão impossível se o compra ao Sr. António. Oferecemos dinheiro pelo cone, a vida não está para dar borlas e assim começou a nossa conversa com ele, em nenhum momento se queixou da vida e tinha umas quantas histórias tristes, quando lhe dissemos os nomes dos miúdos adorou o do mais nome: Jaime. Teve um filho com esse nome, primos, tios e entrou nos seu baú de memórias para contar-nos um pedaço da sua vida. Não comprei um simples gelado, comprei uma recordação de que dois dedos de conversa fazem-te ver a vida de outra maneira, de que há todo um país em crise mas ainda há gente capaz de sorrir e de não falar nela.
Obrigado Sr. António pelo cone á borla e pela simpatia, quando voltar a Portugal quero mais três gelados, um cone e virar mais uma página do seu livro de memórias.
 
He was walking with his scooter in the park that day and it was quite a hot day, we stopped to order three ice creams and a cone (without scoops of ice cream) for the baby. It is difficult for someone to buy an ice cream with a bad face and it will be a mission impossible if you buy it from Mr. António. We offered money for the cone, life is not to give freebies and so began our conversation with him in no way did he complained about life and he had a few sad stories when we told him the names of our kids he loved the name Jaime. Had a child with that name, cousins​​, uncles and so he got in  his trunk of memories to tell us a piece of his life. I did not buy a simple ice cream, I bought a reminder that a chat can make you see life differently, that there is an entire country in crisis but people are still able to smile and not mention it.
Thank you Mr. Anthony for the free cone and the sympathy, when I return to Portugal I want three ice creams, a cone and to turn over another page of your memoirs.

 
 
Our guide of:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s