Castelo de Chenonceau (Ext.) – França

O Castelo de Chenonceau é também conhecido pelo Castelo das Damas, já que grandes mulheres da aristocracia francesa aqui viveram.
Construído sobre o rio Cher e no centro de uma grande floresta, o Castelo foi reconstruído no século XVI, mudando o seu estilo medieval para o renascentista.
A entrada para visitar o Castelo custa 10,50€ e podemos escolher um guia (gratuito) nos idiomas disponíveis, português era um deles felizmente.
The Castle of Chenonceau is also known by the Castle of the Ladies, as great women of the French aristocracy lived here.
Built on the river Cher and the center of a great forest, the castle was rebuilt in the sixteenth century, changing it’s medieval style to the Renaissance.
Entrance to visit the Castle costs € 10.50 and we can take a guide (free) in the available languages, Portuguese was one of them thankfully.

É a familia Bohier quem começa a transformação do castelo, que depois passa a residência real quando é ocupado por Catherine de Medici. Mais tarde o seu marido, o Rei Henri II oferece-o á sua amante, Diane de Poitiers. Mais tarde, esta é obrigada a trocá-lo por Chaumont. Seguem-se outras damas como Luísa de Lorena ou Louise Dupin já no século XVIII.

It is the family Bohier who begins the transformation of the castle, which then passes to royal residence when it is occupied by Catherine de Medici. Later her husband, King Henri II will offer it to his mistress, Diane de Poitiers. Later, she is forced to exchange it for ChaumontOther ladies followed like Louise of Lorraine or Louise Dupin already in the eighteenth century.

 

Os últimos proprietários do Castelo, a familia Menier (dos chocolates) mandam reconstruir partes do castelo danificadas pela Segunda Guerra Mundial e hoje é o segundo castelo mais visitado de França.

As boas vindas ao castelo são dadas por duas esfinges.

The last owners of the Castle, the Menier family (of chocolates) send parts to rebuild the castle damaged by World War II and today it is the second most visited castle in France.
To welcome you there are two sphinxes at the entrance.

Do lado esquerdo o jardim de Diana de Poitiers cujos muros protegem das cheias do rio. Ao centro está uma fonte rodeada por triângulos de relva ornamentados por coloridas flores e pequenos arbustros. Encontrei neste jardim uma das minhas flores preferidas: as tulipas.
On the left the garden of Diana of Poitiers whose walls protect the river floods. At the center is a fountain surrounded by triangles of grass decorated with colorful flowers and small bushes. I found in this garden one of my favorite flowers: tulips.

Mais discreto e pequeno, está o Jardim de Catherine de Médici, que curiosamente está no lado oposto do de Diana de Poitiers. No “bâtiment” des Dômes, as antigas cavalariças reais, está uma óptima esplanada para descansar depois da visita. O edificio virado para o pátio de honra alberga também um museu de cera que conta a história de Chenonceau desde o renascimento.

More discreet and small, is the Garden of Catherine de Medici, who curiously is on the opposite side of the Diana of Poitiers. In the bâtiment” des Domes, the former royal stablesis a great terrace to rest after the visit. The building that faces the courtyard of honor also houses a wax museum that tells the story of Chenonceau since the Renaissance.

No parque está o Labirinto, criado por Catherine de Médici e ao centro um caramanchão (palavra que desconhecia até aqui), uma estrutura que se utilizava por exemplo para servir o chá no jardim e que quando coberta com trepadeiras dava uma boa sombra. No seu topo está uma estátua de Vénus.
In the park is the labyrinth, created by Catherine de Medici and in the center an arbor (unknown word for me until now), a structure that was used for example to serve tea in the garden and when covered with vines gave a good shade. At its top is a statue of Venus.
Ao fundo, depois do labirinto está uma estrutura de Cariátides, colocadas numa posição priveligiada no Castelo sob as ordens de Catherine de Médici, mas séculos mais tarde, viriam a ser retiradas e hoje estão novamente em destaque.
In the background, then the labyrinth is a structure of Caryatids, placed in a privileged position in the Castle on the orders of Catherine de Medici, but centuries later, were to be removed and are now back in the spotlight.
Completamente pensado para o lazer e para disfrutar da natureza, o parque do castelo conta também com uma zona de piqueniques com um espaçoso relvado e algumas sombras.
Completely designed for leisure and to enjoy nature, the castle park also has a picnic area with a spacious lawn and some shadows.
E logo á saída, uma “crêperie” para podermos matar a fome com um delicioso crêpe com Nutela (infelizmente nunca consegui comer com chocolate quente).
Right at the exit a pancake shop” so we could satisfy our hunger with a delicious crêpe with Nutela (unfortunately never got to eat with hot chocolate).

+ Posts Chenonceau

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s