REALES ALCAZARES – SEVILHA, ESPANHA

Hoje conhecemos…os Reales Alcazares de Sevilha. Este agrupamento de edificios palacianos acaba por revelar uma interessante mistura de arquitecturas e culturas, como por exemplo a construção árabe e gótica, passando depois por reformas que lhes conferem detalhes barrocos e renascentistas.
Entrámos pela Puerta del León que antes se chamava de la Montería.
Today we have discovered … the Reales Alcazares of Seville. This group of palatial buildings ends up revealing an interesting mix of cultures and architectures, such as Arabic and Gothic construction, then after, it’s reforms give Baroque and Renaissance details.
We entered the Puerta del León formerly called de la Monteria.

Começamos a visita pelo Palácio de Pedro I, que ganha o nome do Rei que promoveu a sua construção no século XIV.
Entramos depois no Pátio de las Doncellas e aqui sentimos as raízes árabes que fazem parte da cultura andaluza. A riqueza e o detalhe dos arcos são realmente dignos de contemplação.

We started to visit the Palace of Pedro I, who earns the name of the King who promoted its construction in the fourteenth century.
Entered later in the Patio de las Doncellas and here we feel the arabic roots who are part of Andalusian culture. The richness and detail of the arches are really worthy of contemplation.

Passamos depois pela Sala dos Embaixadores onde vemos uma maravilhosa cúpula. Mas igualmente impressionante é o trabalho e o detalhe de cada parede que tem três arcos “califales”acabam por ligar duas salas, a dos Embaixadores e a dos Pavones.

We then go the Hall of Ambassadors where we see a beautiful dome. But equally impressive is the work and detail of each wall that has three arches califales” eventually connect two rooms, the Ambassadors and the Pavones (Peacock).

Chegamos depois aos fantásticos jardins dos Reales Alcazares. Digo “jardins” porque há vários, desde o Inglês passando pelo de Los Poetas ao de La Alcubilla.
Um dos mais bonitos é o jardim de Mercúrio, que como o nome indica tem no meio de uma pequena fonte uma estátua do Deus Mercúrio.

We arrived after to the fantastic gardens of the Reales Alcazares. I say “gardens” because there are many, from the English through the Los Poets and the La Alcubilla.
One of the nicest is the garden of Mercury, which as the name suggests has in the middle of a small fountain a statue of the God Mercury.



A parte interessante é que a maior queda de água nesta fonte vinha de cima do palácio. E por trás da fonte de Mercúrio está a Galeria del Grutesco, que na parte de cima funciona como um miradouro para ver os belos jardins e nas suas paredes, arcos que emolduram pinturas de figuras e fábulas mitológicas.

The interesting part is that the biggest drop of water in this fountain was coming from above the palace. And behind the Mercury‘s fountain there is the Gallery del Grutesco that top parts is a lookout to see the beautiful gardens and its walls, arches that frame paintings of mythological figures and fables.

Our guide of:
http://hojeconhecemos.blogspot.com.es/2001/11/guia-de-sevilha.html

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s