Torre de Londres – Inglaterra

São vários os monumentos símbolos da cidade de Londres, este é um deles. A primeira construção é do século XI e esteve a cargo de Guilherme o Conquistador, desde então grande parte da história do país passa por aqui e alguns dos seus capítulos mais sagrentos como a execução de Anne Boleyn, a de Thomas Moore e o mistério dos Principes da Torre, entre outros. As entradas, com o nome de doação custam perto de vinte e cinco libras, um preço elevado mas o seu interior está tem vários edificios que se pode visitar mais os eventos teatrais que representam alguns dos momentos mais importantes da sua história.

There are several monuments symbols of the city of London, this is one of them. The first building dates from the 11th century and was run by William the Conqueror, since much of the country’s history has passed here and some of its most sacred chapters such as the execution of Anne Boleyn, Thomas Moore and the mystery of the Princes the Tower, among others. The entrances with the donation name cost close to twenty-five pounds, a high price but its interior is has several buildings that one can visit plus the theatrical shows to relive some important moments in its history.

A entrada é pelo Lion’s Gate que está em ruínas e onde podemos ver o fosso de defesa da Torre de Londres. Entramos numa mini cidade medieval onde encontramos as pequenas casas dos que ali viviam para servir o castelo, guardas, empregadas, etc..  Visitámos primeiro a Bloody Tower onde encontrámos a cela onde Sir Walter Raleigh começou a escrever a História do Mundo. Destacamos também a visita á sala de Armas e ás Jóias da Coroa onde encontramos algumas das mais recentes usadas pela Rainha Isabel II. Impressiona ainda que sem realmente ver, o lugar que marca a execução de alguns dos seus prisioneiros mais importantes e por exemplo a Porta dos Traidores por onde dizem que passou Sir Thomas Moore (o homem que se negou a reconhecer o Rei como o representante máximo da igreja).

The entrance is through the Lion’s Gate which is in ruins and where we can see the defense moat of the Tower of London. We entered a small medieval town where we found the little houses of those who lived there to serve the castle, guards, maids, etc. We first visited the Bloody Tower where we found the cell where Sir Walter Raleigh began to write the History of the World. We also highlight the visit to the Weapons Room and the Jewels of the Crown where we find some of the most recent ones used by Queen Elizabeth II. It also impresses, without really seeing, the place that marks the execution of some of its most important prisoners, for example the Door of the Traitors, where Sir Thomas Moore (the man who refused to recognize the King as the church).

Casas dos Guardas

Cela de Sir Walter Raleigh na Bloody Tower

A White Tower

Waterloo block & Jóias da Coroa

Monumento que marca o lugar da execução de alguns dos seus prisioneiros mais importantes como Anne Boleyn

Museu dos Fusileiros

Sala das Armaduras na Torre Branca

Website: https://www.hrp.org.uk/tower-of-london/

+ Guia de Londres

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s