Royal Crescent – Bath, Inglaterra

Bath vale a pena visitar mas tenho que admitir que uma grande parte da vontade de o fazer veio dos todos os filmes adaptando os romances de Jane Austen que tinha visto, um deles “Persuasão” termina aqui no Royal Crescent. Estava por isso em pulgas e não é que tenha sido uma decepção mas o facto de não ter visitado a casa do nº1 fez com que a experiência não fosse completa, chegámos ao fecho e já não conseguimos entrar. Seria a cereja no topo do bolo, ver uma como era uma casa na época dourada do Royal Crescent (final do século XVIII).
Bath is worth visiting but I have to admit that much of the desire to do so came from all the films adapting Jane Austen’s novels I had seen, one of them “Persuasion” ends here at the Royal Crescent. I was so excited and not that it was a disappointment but the fact of not having visited the # 1 house made the experience incomplete, we arrived at closing hour and could not get in. Would be the icing on the cake to see a house in the Golden Age of Royal Crescent (late eighteenth century).

Mas fiquei contente com o nosso passeio á volta do Crescent, um excelente exemplo da arquitetura da era Georgiana que na realidade era uma combinação de vários estilos onde aqui destacaria as grandes janelas venezianas típicas do Palladiano e as colunas jónicas que se utilizava também no neoclássico. Não tem muito mais para ver na realidade e se falhas o nº1 perdes o encanto de ver uma casa por dentro, ainda assim podes tentar imaginar como será viver aqui mesmo com todos os turistas a tirarem fotos a toda a hora. É um pequeno preço a pagar pela fama, talvez injusto já que uma casa aqui pode valer uns três milhões de libras. Á frente do Royal Crescent está um enorme relvado onde aproveitámos para descansar e recuperar as forças sem perder de vista a beleza dos edificios por onde Jane Austen provavelmente passou e visitou algum pessoa da sociedade, etc..
 
But I was pleased with our tour around the Crescent, an excellent example of the architecture of the Georgian era which was actually a combination of several styles, here I would highlight the large Venetian Windows typical Palladian and Ionic columns that are also used in the neoclassical. Not much more to see in reality and if you fail to see the No1 you lose the charm of seeing a house inside, still one can try to imagine how it would be to live right here with all the tourists taking pictures all the time. It’s a small price to pay for fame, perhaps unfair since a home here could be worth about three million pounds. In front of the Royal Crescent is a huge lawn where we took the opportunity to rest and regain our strength without losing sight of the beauty of the buildings where Jane Austen probably spent time and visited some people in society, etc ..

 

 

 

 

 

 

Website: http://no1royalcrescent.org.uk/

+ Guia de Bath

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s