do: BARCELONA BY NIGHT – ESPANHA

Ainda nos restava tempo no nosso ticket do bus turistico, decidimos utilizá-lo antes de jantar a passear por Barcelona mas há noite. Percorremos a outra linha, a azul que apanhámos no Paseig de Grácia.
Esta época de Dezembro também é interessante para visitar Barcelona, a cidade enche-se de luz por causa da “Navidad” e se já tinha encanto, só o vem reforçar.
 
Still time left in our tour bus ticket, we decided to use it before dinner strolling around Barcelona but overnight. We went through the other line, the blue that we caught in Paseig of Gracia.
This December season is also interesting to visit Barcelona, the city is filled with lights because of Navidad” (Christmas) and if it already had charm, this only reinforces it.

Vimos a Casa Batlló e a Pedrera mas agora de noite. (Estas vimos a pé, do autocarro apenas se vê bem a Pedrera na direcção que tomámos).
 
We saw the Pedrera and Casa Batlló but now at night. (These we saw on foot, from the bus direction you can only see Pedrera).
 
 

A seguir fomos pela Av. Rosseló e aos poucos vai-se revelando a Sagrada Familia. Interessante como sempre a conheci de noite, nunca a vi de dia e vou ter que esperar até amanhã para o fazer. De noite é deslumbrante e em alguns momentos chega a ser assustadora.
 
Then we went through Av Rosseló and gradually the Sagrada Familia starts revealing itself. Interesting as I always saw it at night, never saw during the day and I will have to wait until tomorrow to do so. At night its breathtaking and at times becomes daunting.

 
O autocarro parou durante algum tempo perto do “mercadillo” de Natal em frente á porta da Paixão, consegui por isso tirar umas boas fotos nocturnas.
 
The bus stopped for a while near a Christmas market (mercadillo) in front of the door of the Passion, so I could take some good pictures at night.
 
 

Entramos depois no Barrio de Grácia, a sua zona era até meados do século XIX independente de Espanha. Neste bairro as suas principais atracções são o Parque Güeill, que de noite não conseguimos ver e a Casa Vicens um dos primeiro trabalho de Gaudí. Diz-nos o guia que esta zona de Barcelona tem importantes celebrações no Verão em que cada bairro enfeita a rua e fazem uma competição para ver quem tem a decoração vencedora.
Pela Ronda General Mitre chegamos ao ponto onde se pode apanhar um elevador que dá acesso ao Monte de Tibidabo. Tínhamos pouca luz, mas conseguíamos ver as luzes do Sagrado Coração e o da roda gigante que faz parte de um parque de diversões que ali existe.
Seguimos pelo Paseig Bonanova em direcção a Sarriá.

Passamos depois pelo Monestir de Pedralbes, não o conseguimos ver muito bem e o guia vai falando sobre a sua história, falava de um conjunto de edificios de estilo gótico que hoje em dia albergam o Museu Thyssen-Bornemisza. O mosteiro fundado por uma Rainha espanhola no século XIII.
Descemos então a Avinguda de Pedralbes ao Palau Reial e aos Pavellons de la Finca  Güell, estamos na zona de Les Corts e o Palácio funciona actualmente como Museu de Artes Decorativas. O seu proprietário era Eusebi Güell, que comprou uma bela quinta e decidiu construir um Palácio. Gaudí faz aumentar ainda mais o interesse turístico sobre o Palácio mas principalmente porque se encarregou do seu restauro assim como da construção do muro, assim como os portões, uma fonte e outros pormenores dos jardins.
No inicio do século XX e quando recebe o seu título de nobreza, o Conde Güell oferece o Palácio á familia real espanhola. Uma vez convertido em Museu, a familia real utiliza agora outro Palácio localizado em Montjuic.
Seguimos pela Av. Joan XXIII, no final encontramos o estádio do actual detentor do título de Campeão de Espanha e clube do qual sairam grande parte dos jogadores da selecção campeã do mundo, o F.C. Barcelona. Sempre digo que não tem tanta piada ver os estádios por fora, acabam por ser mais cimento que outra coisa, ainda assim há excepções no entanto a maior piada está em vivê-los por dentro em pleno dia de jogo. Fica para uma próxima visita…
 
After we get in the Barrio de Gracia, its area was until the mid-nineteenth century independent of Spain. In this neighborhood its main attractions are the Güeill Park, which we can not see at night and Casa Vicens one of Gaudí’s first work. The guide tells us that this zone has important celebrations in Barcelona Summer in which each neighborhood decorates the street and makes a competition to see who has the winning decoration.Through the Ronda General Mitre we get to the point where you can take an elevator that gives access to Mount Tibidabo. It was quite dark, but we could see the lights of the Sacred Heart and the ferris wheel that is part of an amusement park that exists there.We then followed by Paseig Bonanova towards Sarriá.We go through Monestir Pedralbes, we can not see very well and the guide talks about its history, spoke of a set of gothic buildings that today are home to the Museo Thyssen-Bornemisza. The monastery founded by a Spanish Queen in the thirteenth century.Then descending to the Avinguda Pedralbes Palau Reial and Pavellons de la Finca Güell, we are in the area of ​​Les Corts and currently it is the Palace Museum of Decorative Arts. Its owner was Eusebi Güell, who bought a beautiful farm decided to build a palace. Gaudí makes further increase tourist interest on the Palace but mostly because he undertook its restoration as well as the construction of the wall,  gates, a fountain and other details of the gardens.At the beginning of the twentieth century and when he receives his title of nobility, Count Guell offers the palace to the Spanish royal family. Once converted into a museum, the royal family now uses another palace located in Montjuic.We follow the Avenida Joan XXIII, at the end we find the stadium of the current holder of the title of Champion of Spain and from where most players from the World Champion national team are from, FC Barcelona. I always say it is not so funny to see the stadiums out, turn out to be more concrete than anything else, yet there are exceptions but the greatest thing is experiencing them in broad daylight during a game. Its for a next visit …
 
Entramos na Av. Diagonal, é mesmo grande e pelo caminho vamos vendo multidões na rua ás compras e vamos fotogrando as luzes que enfeitam a cidade.
Descemos na Plaça de Catalunya para comer aquí.
 
We walked down the Avenida Diagonal, is great and even the way we see crowds in the street to the shops and we fotogrando lights that adorn the city.
We got off in the Plaça de Catalunya to eat here.
 
Mais/More posts:
 
Anúncios

One thought on “do: BARCELONA BY NIGHT – ESPANHA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s