Rundetarn – Copenhaga, Dinamarca

São trinta e cinco metros de altura que podemos subir sem quase ver um degrau. Para chegar ao topo percorremos uma rampa cujas janelas vai fazendo adivinhar a vista que podemos ver assim que chegamos. Construída no século XVII e sob o reinado de Christian IV, faz parte do complexo da igreja e universidade da Trinity e servia como observatório astronómico.

It is thirty-five meters high that we can climb almost without seeing a step. To get to the top we walk on a ramp whose windows will make us guess the view that we can see as soon as we arrive. Built in the seventeenth century and under the reign of Christian IV, it is part of the Trinity church and university complex and serves as an astronomical observatory.

Se bem que uma vez lá em cima chegamos a umas escadas estreitas em caracol que dizem os cartazes aguentar dois sentidos, o que na realidade não acontece e provoca alguma confusão e fila. Mas vale a pena e no fim temos uma vista 360º de Copenhaga, para além de estar perto do observatório que pode ser visitado com marcação antecipada.

Although once up there we came to narrow spiral staircases that signs say it’s possible to go both ways, which in fact does not happen and causes some confusion and queue. But it’s worth it and in the end we have a 360º view of Copenhagen, as well as being close to the observatory which can be visited with early booking.

Website: https://www.visitcopenhagen.com/copenhagen/round-tower-gdk410741

Preços da entrada: 25DKK (Kids 5DKK)

Morada: Købmagergade 52A

+ Guia de Copenhaga

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s